Sanchez minimiza ausência de Ronaldo e diz que Defederico é 'inegociável'

Sanchez minimiza ausência de Ronaldo e diz que Defederico é 'inegociável'

Por Meu Timão

Após a vitória contra o Fluminense, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, minimizou a ausência do atacante Ronaldo no jogo desta tarde no Pacaembu, e destacou a importância do meia Defederico, que, segundo o mandatário, não sairá do clube paulista.

"Desde que o Ronaldo veio, todos sabiam que ele não jogaria em todos os jogos. Ele teve uma lesão na panturrilha, e espero que na quarta-feira ele possa jogar", comentou Sanchez.

Sobre o argentino, e as sondagens de que o jogador estaria disposto a voltar ao futebol de seu país, o dirigente utilizou um termo que lembrou as frases eternizadas pelo ex-presidente Vicente Matheus ao falar de Sócrates: "ele é inegociável".

Segundo Sanchez, o jogador em nenhum momento manifestou qualquer desejo de sair do Corinthians, e o River Plate, clube que estaria disposto a repatriar o jogador, não fez nenhuma proposta ao clube paulista.



Estádio

Nesta segunda-feira, o trabalho em torno da construção de um estádio próprio para o Corinthians terá mais um capítulo. Segundo Andrés Sanchez, haverá uma reunião para apresentação de um projeto. "Mas até agosto outras propostas vão aparecer e vamos ver qual será a melhor", concluiu o presidente.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes