Mano Menezes tem a preferência da CBF

Mano Menezes tem a preferência da CBF

Por Meu Timão

3.4 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Mano Menezes pode ser convidado para ser o técnico da seleção

Mano Menezes pode ser convidado para ser o técnico da seleção

A sucessão de Dunga no comando da seleção brasileira está bem encaminhada. Ricardo Teixeira, presidente da CBF, quer um treinador de boa aceitação popular para não ter problemas nos próximos quatro anos até a Copa de 2014, no Brasil. Mano Menezes, técnico do Corinthians, tem a preferência de Teixeira e pode ser anunciado antes mesmo de 20 de julho. O presidente ficou satisfeito com o trabalho de Dunga, apesar da derrota ontem na Copa da África do Sul.

"Todo mundo sabia que eu vim para ficar quatro anos na seleção", disse Dunga 20 minutos depois da derrota do Brasil para a Holanda. E não falou mais nada sobre o seu futuro. Seu projeto é parar nos próximos seis meses para dedicar-se à família.

Mano sai na frente na corrida pelo comando da seleção mais pelo seu perfil do que pelo currículo. Não é um treinador polêmico e passa serenidade. A seu favor o peso do Corinthians. Andrés Sanchez, presidente do clube e chefe da delegação brasileira na África do Sul, aproximou-se muito de Ricardo Teixeira nos últimos seis meses.

Outros nomes. Luís Felipe Scolari, Leonardo e até Vanderlei Luxemburgo também estão no páreo. Felipão entra na sucessão pelo forte apelo popular. É o último treinador que deu um título mundial ao Brasil. Mas seu acordo com o Palmeiras pode inviabilizar a sua escolha. Além disso, Felipão recusou o convite de Teixeira para assumir a seleção após o fiasco de Carlos Alberto Parreira em 2006.

Leonardo seria a surpresa. Vem credenciado pelo trabalho que realizou no Milan ano passado. É da geração do tetracampeonato em 1994, turma que tem o apreço do presidente da CBF. Poderia ser o comandante da nova geração do futebol brasileiro, assim como Dunga fez a transição de 2006 para 2010. Leonardo teria a missão de resgatar o futebol bonito da seleção, sem o pragmatismo de Dunga.

A situação de Luxemburgo é mais complicada. De temperamento explosivo, pode dar dor de cabeça à CBF, apesar de ter bom relacionamento com o presidente Ricardo Teixeira. O dirigente quer anunciar rapidamente o próximo treinador. A seleção fará seis amistosos já neste segundo semestre.

Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Na segunda partida da temporada, Corinthians de Carille já conheceu o sabor da derrota

    Corinthians marca no início, mas leva virada e sofre primeira derrota no Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Gustagol sobe de cabeça contra zaga do Guarani; camisa 19 é ponto alto do Timão

    Gustagol é eleito craque, e trio de defensores decepciona na primeira derrota do Corinthians em 2019

    ver detalhes
  • Argentino Mauro Boselli já treina com bola e pode estrear no fim de semana

    Carille é cauteloso, mas não descarta estreia de Boselli contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Arana voltou a atuar pelo Sevilla, mas segue na mira do Corinthians

    Duílio garante que rumo das negociações não mudam após Arana voltar a atuar pelo Sevilla

    ver detalhes

Caso Mano Menezes seja convidado, ele deve deixar o Corinthians pra treinar a seleção?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes