Jorge Henrique provoca dirigente do Fluminense

Jorge Henrique provoca dirigente do Fluminense

Por Meu Timão

Jorge Henrique rebateu o dirigente do Fluminense pelo Twitter

Jorge Henrique rebateu o dirigente do Fluminense pelo Twitter

Após o vice-presidente de futebol do Fluminense, Alcides Antunes, ter rebatido a declaração de Elias e Jorge Henrique sobre a arbitragem do último domingo, o atacante corintiano voltou a se manisfestar sobre o assunto.

- Desculpa para derrota? Antunes quem? Antunes que jogaram bola e que eu já ouvi falar são da família do Zico - postou Jorge Henrique em seu Twitter, ironizando o sobrenome do dirigente do Flu.

Após a derrota do Corinthians para o Avaí no último domingo, quando Jorge Henrique sofreu um pênalti e o árbitro carioca Péricles Bassols não marcou, a reclamação corintiana foi sobre a naturalidade do árbitro.

Em seguida, o vice de futebol do Fluminense, Alcides Antunes, tratou de rebater a acusação do volante e usou o mesmo argumento.

- Eu não estou entendendo a reclamação dele. Quem apitou o nosso jogo contra o Internacional foi o (Wilson) Seneme, que é paulista, e fez uma excelente arbitragem. Nessas horas querem arrumar desculpa - rebateu o dirigente.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Cia. do Terno usou o espaço máster no duelo do Corinthians com o São Paulo

    Corinthians tem reunião para oficializar patrocínio máster; clube tenta incluir cláusula

    ver detalhes
  • Auditoria revelou uma série de problemas desde a inauguração da Arena

    Reunião revela valor da dívida e expõe resultado de auditorias realizadas na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Dentinho tem três títulos com a camisa do Corinthians

    Na torcida pelo título do Corinthians, Dentinho fala sobre possível retorno: 'Está próximo'

    ver detalhes
  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes