Fielzão terá R$ 400 milhões do BNDES

Fielzão terá R$ 400 milhões do BNDES

978 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Em comunicado oficial, enviado nesta sexta-feira para o Comitê Organizador Paulista da Copa 2014, o Corinthians firmou a intenção de construir um estádio em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, com capacidade para 65 mil pessoas. É o número mínimo exigido pela Fifa para ser sede da abertura oficial do Mundial.

O texto, assinado pelo presidente Andrés Sanchez, prevê a conclusão das obras em dezembro de 2013. Mas faz uma ressalva: podendo ser antecipada para abril ou maio para abrigar jogos da Copa das Confederações, disputada entre junho e julho, caso o clube ganhe tempo com as licenças necessárias e o trâmite burocrático que passa pelas secretarias de Obras, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, entre outros.

O complexo da arena do Corinthians, de acordo com o documento enviado, prevê gastos de R$ 600 milhões, sendo R$ 400 milhões do BNDES. O orçamento inicial, que seria bancado pela Construtora Odebrecht, era de R$ 300 milhões para capacidade de 48.234 mil pessoas.

O próximo passo do clube é enviar o projeto do estádio para a Fifa, que deve exigir algumas mudanças.

Fonte: Lancenet

Enviado por: Will2S

Veja Mais:

  • Clayson, assim como Felipe Melo, foi punido pelo TJD nesta segunda-feira

    Corinthiano Clayson leva gancho de quatro jogos por confusão com Felipe Melo, do Palmeiras

    ver detalhes
  • Juiz voltou atrás após marcar pênalti de Ralf, que tocou só bola

    Tribunal arquiva inquérito que apurava possível interferência externa em Corinthians x Palmeiras

    ver detalhes
  • Lateral-esquerdo Carlos foi convocado para a Seleção Brasileira Sub-20

    Lateral do Corinthians é convocado para treinos com a Seleção Brasileira Sub-20

    ver detalhes
  • O atacante Emerson Sheik voltou a campo no CT Joaquim Grava nesta segunda-feira

    Com retorno de Sheik, Corinthians se reapresenta no CT após goleada no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes