Chefe da delegação, Perrella exime CBF de polêmica com Corinthians; seleção já está no Qatar

Chefe da delegação, Perrella exime CBF de polêmica com Corinthians; seleção já está no Qatar

Um dia após chamar o árbitro que comandou a derrota de seu time para o Corinthians, por 1 a 0, na véspera, de "safado e picareta", o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, preferiu isentar a entidade máxima do futebol brasileiro agora no papel de chefe da delegação do time nacional --que na quarta-feira enfrentará a Argentina em amistoso em Doha, no Qatar.

"O Ricardo Teixeira e a CBF não têm nada com isso", declarou o cruzeirense pouco antes do embarque da seleção, neste domingo, em São Paulo. A revolta de Perrella foi motivada pelo pênalti marcado em cima do corintiano Ronaldo, no final do jogo disputada no estádio do Pacaembu, em confronto direto pela liderança do Brasileiro.

Após 14 horas de viagem, o grupo chegou a Doha pro volta das 22h30 locais (17h30 de Brasília). A comitiva tinha apenas os jogadores convocados que atuam no Brasil, além da comissão técnica liderada por Mano Menezes.

Os atletas são os goleiros Jefferson, Victor e Neto, o zagueiro Réver, os volantes Jucilei e Elias, o meia Douglas e o atacante Neymar.

Dos que jogam na Europa, apenas o meio-campista Lucas já se encontra no Qatar. Os outros devem desembarcar ao longo desta segunda-feira.

Fonte: Folha

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes
  • Corinthianos foram presos por horas nas arquibancadas do Maracanã em 2016

    Impunidade após baderna flamenguista expõe exageros da polícia carioca contra Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes