Após pênalti polêmico, árbitro diz que teve retorno positivo da CBF

Após pênalti polêmico, árbitro diz que teve retorno positivo da CBF

Por Meu Timão

1.2 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Cruzeirenses choraram sem razão

Cruzeirenses choraram sem razão

Um dos nomes mais falados depois da última rodada do Campeonato Brasileiro não foi o de nenhum jogador, mas sim o de Sandro Meira Ricci, árbitro de Corinthians x Cruzeiro. Ele marcou um pênalti polêmico para o time paulista no final da partida. Nesta segunda-feira, o juiz declarou que recebeu elogios da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) por sua atuação no jogo.

"Todos os jogos são observados por profissionais experientes, que avaliam a atuação do árbitro. Nesse jogo não foi diferente e o retorno que eu recebi da Comissão foi muito positivo, em relação à dificuldade do jogo e ao acerto nas decisões tomadas nos lances capitais. Isso dá mais tranquilidade para a gente seguir treinando e estar preparado para o próximo desafio", disse Ricci à Rádio Bandeirantes de Porto Alegre.

O árbitro também afirmou que não se arrependeu de sua decisão, e não descarta um processo contra o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, que o ofendeu depois da partida. O dirigente o chamou de "safado" e "filho da p...", entre outros xingamentos.

"A gente fica chateado (com a repercussão), pois a gente saiu do campo de jogo, apesar de saber que teria polêmica, bem tranquilo. O árbitro vai para o jogo para acertar. Às vezes a gente não consegue, mas nesse caso, a gente saiu tranquilo, pois sabia que estava certo".

Ricci está fora das próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, mas disse que é por conta de uma viagem pessoal.

"Acho que a melhor coisa que eu faço é viajar, ficar um tempo descansando, deixar que as pessoas reflitam sobre tudo isso, e depois a gente volta e pensa o que vai fazer. Cabe a quem se sentiu ofendido tomar as medidas cabíveis. Já passei o caso à Associação Nacional de Árbitros e vamos ver o que vai ser feito. Pretendo não falar sobre o assunto", afirmou.

A jogada mais polêmica da partida aconteceu aos 41min do segundo tempo, quando Jorge Henrique levantou a bola na área do Cruzeiro e Ronaldo tentou dominar no peito, mas caiu depois de um contato com o zagueiro Gil.

Sem hesitar, Ricci marcou a penalidade e teve de lidar com muita reclamação dos cruzeirenses tanto durante como depois do jogo. Na cobrança do pênalti, Ronaldo fez o único gol do duelo, que deu a liderança isolada da competição ao Corinthians.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Jair passa orientação a Thiaguinho, novo segundo volante titular do Timão

    Jair pode repetir Corinthians para duelo com Atlético-PR; veja única dúvida na escalação

    ver detalhes
  • Carlos Augusto, que está na Seleção Brasileira Sub-20, embarca de Goiânia; Vital e os demais viajam para Curitiba saindo de São Paulo

    Com Carlos Augusto, Corinthians relaciona 23 jogadores para enfrentar o Atlético-PR

    ver detalhes
  • Corinthians caiu nas oitavas de final da Sul-Americana 2017, para o Racing (ARG)

    Menos tenso, Corinthians busca a Sul-Americana 2019; seis motivos mostram importância do torneio

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez e Matias Ávila participaram do Papo Reto desta terça-feira

    Déficit do Corinthians sobe para R$ 26 milhões, mas diretoria comemora ao comparar com 2017

    ver detalhes

Os cruzeirenses merecem algum tipo de suspensão?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes