Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Secretário da Fifa aprova arena corintiana para abertura, diz jornal

Por Meu Timão

Valcke muda discurso sobre sede paulista

Valcke muda discurso sobre sede paulista

Foto: Divulgação

Após mostrar certa desconfiança ao dizer que ainda não havia recebido nenhuma cópia do projeto corintiano para receber a abertura da Copa do Mundo de 2014, a Fifa dá sinais de que começa a ceder e aceitar a arena que será erguida em Itaquera como palco do jogo de abertura do Mundial. Mesmo sem ter maiores informações do empreendimento e definições de quem bancará a construção, o secretário-geral da entidade, Jérome Valcke, mudou o discurso ao falar novamente sobre a polêmica que cerca a sede paulista, em entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo nesta quinta-feira e publicada na edição desta sexta.

O dirigente, que apontou diversas críticas ao Morumbi na época em que o estádio são-paulino era tido como preferido da capital paulista para receber os jogos, foi claro em anunciar que, quando CBF e Corinthians apresentarem uma arena com mais de 65 mil lugares (mínimo exigido pela Fifa para a abertura), ela será aprovada como palco da primeira partida. Nos últimos dias, o clube do Parque São Jorge anunciou a mudança do projeto inicial, de 48 mil para 65 mil lugares, atendendo às exigências da entidade, mas sem especificar quem bancará a diferença na capacidade.

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes