Desrespeito ao estatuto do torcedor

Desrespeito ao estatuto do torcedor

Superlotação é um problema que ocorre em vários estádios brasileiros. Neste domingo aconteceu ao menos em um dos jogos da Série A: Vitória x Corinthians, no Barradão. O blog presenciou esse e outros desrespeitos ao estatuto do torcedor.

Nas partes mais cheias do estádio, dois torcedores ocupavam o espaço de um. Muitos que pagaram ingresso assistiram ao jogo em barrancos dentro do estádio. Preferiram isso a voltar para casa. Certamente tiveram visão melhor do que os torcedores que ficaram nos lugares mais altos da arquibancada dos visitantes, atrás de um dos gols. Com o excesso de gente em pé, só podiam ver metade do gramado. Centenas de torcedores não conseguiram nem isso. Como não acharam uma fresta no meio da multidão para enxergar um pedaço do campo, nada viram.

Ir ao banheiro era uma árdua missão. Entupidas, as escadas que deveriam permitir a circulação sumiram. E quem deixou para ir ao banheiro dos visitantes no final do jogo descobriu que eles foram trancados logo que a partida acabou. Como de praxe no país inteiro, a PM não deixou os visitantes saírem do estádio até que os torcedores do Vitória se fossem. Assim, os corintianos ficaram espremidos por cerca de uma hora sem banheiro. Boa parte não podia nem se mexer por causa da superlotação.

Os problemas começaram cerca de duas horas antes da partida, com uma briga entre torcedores dos dois times. Alheios à confusão, faltando dez minutos para começar o jogo, cambistas procuravam quem tivesse ingressos sobrando em qualquer lugar do estádio para comprá-los na certeza de conseguir vendê-los em poucos minutos. Lá dentro o Barradão já estava lotado.

Tamanho descaso com o torcedor se tornou tão frequente nos estádios brasileiros que a maioria não demonstra estar incomodada. Age como se fosse natural ter que se espremer para ver um pedaço do gramado ou para abrir passagem até o banheiro. Assim, quase nada parece ter mudado no conforto de quem vai ao estádio, seja lá qual for a região do país, depois da criação do estatuto do torcedor.

Fonte: UOL

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Júnior Dutra assinou com o Corinthians até dezembro de 2019; único reforço confirmado

    Exato um mês após o título brasileiro, Corinthians tem só um reforço; três são os motivos

    ver detalhes
  • Corinthianos foram presos por horas nas arquibancadas do Maracanã em 2016

    Impunidade após baderna flamenguista expõe exageros da polícia carioca contra Corinthians

    ver detalhes
  • Juninho é um dos destaques do Bahia

    Corinthians altera moeda de troca e faz contraproposta por lateral do Bahia

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes