Fundo do Fielzão reduz os tributos

Fundo do Fielzão reduz os tributos

O Corinthians enviou para análise do BNDES a proposta de um fundo de investimento de capital fechado, em parceria com a Odebrecht, para obter o financiamento para o Fielzão. A troca, em relação à Sociedade de Propósito Específico (SPE), foi motivada por razões fiscais.

Dessa maneira, a incidência de Imposto de Renda ocorre no resgate das cotas, cessão para terceiros ou fim da carteira. No caso de uma SPE, além do IRPJ, a empresa pagaria CSLL, PIS e Cofins. Se o banco aceitar, a obra só dependerá das licenças.

Fonte: Lancenet

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes
  • Apesar de oscilação do Timão, nenhuma equipe tem tirado diferença para primeira colocação

    A 13 jogos do fim do Brasileirão, vantagem do Corinthians na liderança segue de dez pontos

    ver detalhes
  • Corinthians volta a provocar rival no Twitter e leva Fiel à loucura

    DVD e entortada de Rodriguinho: Corinthians volta a provocar rival no Twitter

    ver detalhes
  • Carlinhos é um dos convocados para o amistoso na Espanha

    Com três reforços do profissional, Corinthians confirma dois amistosos do Sub-20 na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes