Fifa conhece hoje projeto do Itaquerão

Fifa conhece hoje projeto do Itaquerão

O Comitê Organizador da Copa de 2014 (COL) envia hoje para os técnicos da Fifa, em Zurique, estudos básicos do projeto do Itaquerão, estádio que o Corinthians pretende erguer na zona leste de São Paulo para a abertura do Mundial brasileiro.

Mas o que parece ser o fim da indecisão do palco paulista na Copa de 2014 pode ser apenas outro capítulo. Nos bastidores, afirma-se que o projeto não atende aos requisitos da Fifa para um estádio de abertura. Teria apenas padrão Uefa, para jogos internacionais europeus. E o Corinthians não estaria disposto a bancar as alterações que o colocariam no patamar exigido pela entidade.

O governo e a prefeitura de São Paulo indicaram o Itaquerão para a Copa em setembro, depois do veto ao Morumbi. No mês seguinte o presidente do COL, Ricardo Teixeira, anunciou que o estádio receberia a abertura da competição.

Desde então o escritório responsável pelo projeto, CDC Arquitetos, trabalha para adaptar o projeto aos padrões da Fifa. A primeira mudança foi aumentar a capacidade de 48 mil para 65 mil lugares.

A ampliação também acarretou mudança no orçamento, inicialmente de R$ 350 milhões. O clube estima que o novo estádio beire os R$ 600 milhões, mas o custo real do empreendimento só poderá ser calculado após a aprovação do projeto.

Plano B
O leque de alterações fez com que as plantas e detalhamentos da nova arena só chegassem às mãos do COL em 29 de dezembro. Os consultores da entidade tiveram trabalho redobrado para analisar todos os itens do projeto e encaminhá-lo à Fifa com os comentários técnicos em tempo hábil. É a entidade máxima do futebol que decide se o estádio está apto ou não à abertura da Copa.

Com a possibilidade de o projeto do Itaquerão ser reprovado pela Fifa, o governo de São Paulo já trabalha com uma alternativa para garantir a abertura da Copa. No momento, opções como Morumbi, Palestra Itália e o Pacaembu reformado estão descartadas.

Uma das alternativas é a construção de um novo estádio também na zona leste da cidade. Para não perder a abertura da Copa, o novo governador paulista, Geraldo Alckmin, poderia até mesmo colocar recursos públicos na empreitada.

Fonte: Portal 2014

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes