Marcelo Moreno fala como jogador do Timão novamente

Marcelo Moreno fala como jogador do Timão novamente

Em entrevista ao diário 'Marca Brasil', o atacante boliviano Marcelo Moreno, que está no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, mostra confiança em um acerto com o Corinthians, que está interessado no seu futebol.

O jogador confirmou que foi procurado e que fará o máximo para ser liberado, mas fez uma ressalva: os paulistas não fizeram nenhuma proposta oficial ao clube ucraniano.

"Me aguardem. Quero fazer muitos gols pelo Corinthians. Tomara que a negociação dê certo", afirmou o atacante boliviano, que deixou o Cruzeiro em 2008 por R$ 20 milhões.

Outra ressalva que ele fez foi em relação aos donos do clube, que não gostam de se desfazer de atletas do elenco: "Eles não precisam de dinheiro e tem que ser algo muito bom", afirmou.

Moreno deu esperança ao Timão: "Se depender de mim, alguma coisa vai sair. Gostaria de voltar o Brasil agora e jogar pelo Corinthians, mas o problema é que o Shakhtar tem que aceitar a proposta", afirmou.

Lembrando que o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez negou qualquer tipo de contato com Moreno.

Marcelo Moreno fala como jogador do Timão novamente

Enviado por: Bruno Silva

Veja Mais:

  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes
  • Apesar de oscilação do Timão, nenhuma equipe tem tirado diferença para primeira colocação

    A 13 jogos do fim do Brasileirão, vantagem do Corinthians na liderança segue de dez pontos

    ver detalhes
  • Corinthians volta a provocar rival no Twitter e leva Fiel à loucura

    DVD e entortada de Rodriguinho: Corinthians volta a provocar rival no Twitter

    ver detalhes
  • Carlinhos é um dos convocados para o amistoso na Espanha

    Com três reforços do profissional, Corinthians confirma dois amistosos do Sub-20 na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes