Kassab admite preocupação com restrições ao Itaquerão

Kassab admite preocupação com restrições ao Itaquerão

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, admitiu que o estádio do Corinthians é uma preocupação.
No último dia 4, a Folha publicou que o Itaquerão tem 109 restrições no relatório enviado pela Fifa e pelo Comitê Organizador Local.

Arenas consideradas problemáticas, como as de Cuiabá, de Brasília, o Maracanã e até o Morumbi, tiveram cerca de 30 problemas apontados nos primeiros relatórios.

O estádio do São Paulo, aliás, foi vetado para abrigar as partidas da Copa de 2014 para dar lugar à futura arena do arquirrival Corinthians.

O número é maior do que as demais cidades-sedes, que teve em cada projeto 30 restrições em média, quase quatro vezes menos que o estádio do Corinthians, em Itaquera.

Arenas como as de Cuiabá, de Brasília, o Maracanã e até o Morumbi, tiveram cerca de 30 problemas apontados nos primeiros relatórios. O estádio do São Paulo, aliás, foi vetado para abrigar as partidas da Copa de 2014.

"A preocupação é muito grande por ser um projeto muito importante para a cidade de São Paulo. Existe cada vez uma dúvida menor de parte do Corinthians do ponto de vista financeiro e econômico [da obra]. Todos sabem, ele fez uma parceria com a construtora Odebrecht. A construtora vai explorar a marca Corinthians, mas ainda faltavam recursos para a construção", disse Kassab.

"O Corinthians achava que os recursos que a região dispõe não seriam suficientes, mas felizmente o tempo está mostrando que os incentivos serão suficientes. Portanto, esse seria o grande problema, que não existe mais, salvo mudanças de última hora nas análises que o Corinthians está fazendo", completou o prefeito de São Paulo. "Essa questão do projeto, é evidente, os primeiros projetos são sempre assim. É um vai e volta, mas muito rápido. Tenho certeza absoluta que, em breve, não haverá mais essas divergências em relação a pequenos aspectos do projeto, que é do Corinthians e, portanto, sem interferência dos poderes municipal, estadual ou federal", finalizou.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou que tudo está sendo feito visando o Itaquerão.

"Todo o esforço está sendo feito para que a abertura da Copa no estádio do Corinthians, como também o Congresso da Fifa e o Centro Internacional de Transmissão", disse.

Alckmin e Kassab participaram nesta segunda-feira de uma assinatura de convênios na capital paulista.

Fonte: Folha

Enviado por: will2s

Veja Mais:

  • Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    [Marco Bello] Pablo explica tratativas paradas por permanência no Corinthians: 'Já conversamos, mas não deu certo'

    ver detalhes
  • Apesar de oscilação do Timão, nenhuma equipe tem tirado diferença para primeira colocação

    A 13 jogos do fim do Brasileirão, vantagem do Corinthians na liderança segue de dez pontos

    ver detalhes
  • Corinthians volta a provocar rival no Twitter e leva Fiel à loucura

    DVD e entortada de Rodriguinho: Corinthians volta a provocar rival no Twitter

    ver detalhes
  • Carlinhos é um dos convocados para o amistoso na Espanha

    Com três reforços do profissional, Corinthians confirma dois amistosos do Sub-20 na Espanha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes