Cabo eleitoral, Ronaldo vira diretor não-oficial no Corinthians

Cabo eleitoral, Ronaldo vira diretor não-oficial no Corinthians

Por Meu Timão

2.4 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Ronaldo participa extra-oficialmente das contratações do Corinthians, como a de Adriano

Ronaldo participa extra-oficialmente das contratações do Corinthians, como a de Adriano

Com a aposentadoria de Ronaldo, o Corinthians perdeu um goleador, mas ganhou um parceiro e tanto nas negociações com grandes jogadores. Clarence Seedorf, volante do Milan, não foi o primeiro grande nome do futebol mundial que conversou com “Fenômeno” sobre a chance de ir para o Corinthians. E também não será o último.

A intenção do Corinthians de ter no aposentado Ronaldo um embaixador que levasse o nome do clube para os quatro cantos do mundo tem surtido efeito. E Ronaldo está empenhado em conseguir mais uma grande contratação para o Corinthians neste ano, ciente de que suas ações interferem no ambiente político do clube.

Amigos e assessores de Ronaldo comentam que o ex-jogador não perde uma oportunidade de tentar convencer grandes nomes do futebol mundial com quem conviveu nos anos de carreira na Europa a desbravar o futebol brasileiro defendendo o Corinthians. Foi assim com Adriano e Seedorf, mesmo que este prefira continuar na Europa.

Ronaldo tenta, avalizando uma contratação de impacto, ajudar Andrés Sanchez a eleger seu candidato à presidência do clube, provavelmente Mário Gobbi. As eleições serão em dezembro e Gobbi ainda é o favorito de Sanchez para ser sucessor.

Roberto de Andrade, oficialmente o número 1 do departamento de futebol do Corinthians e "ex-candidato a candidato" à presidência, não reclama da participação de Ronaldo no cotidiano do clube. Durante a apresentação de Adriano, dia 31 de março, Andrade comentou que Ronaldo "sempre estará ligado ao Corinthians" e que o clube "só tem a ganhar em ter um parceiro como ele", mesmo fora dos gramados.

Foi Ronaldo quem convenceu Adriano a assinar com o Corinthians. O "Imperador" comentou que outros clubes brasileiros o procuraram e Ronaldo foi categórico ao dizer a ele que em nenhum rival poderia oferecer a ele o que o Corinthians oferece.

O "Fenômeno" é só elogios à estrutura recém montada no Parque Ecológico e a usa como argumento para jogadores acostumados em frequentar os melhores centros de treinamento do mundo. Ronaldo comenta ainda que o Corinthians potencializa o retorno de mídia e de publicidade que os grandes jogadores já possuem.

Fonte: IG

Veja Mais:

  • Lucca acertou com Internacional por empréstimo

    Lucca, ex-Corinthians, é anunciado pelo Internacional; Fiel aguarda anúncio de Roger

    ver detalhes
  • Contra o Fluminense, Leste Superior ficou longe de estar cheia. Oeste então...

    Corinthians tenta valorizar Fiel Torcedor, aumenta valor dos ingressos e público na Arena diminui

    ver detalhes
  • Inicialmente exposta no Memorial, a estátua de Sócrates está na Arena Corinthians

    Conheça o escultor Laércio Alves, que homenageou Sócrates em estátua exposta na Arena Corinthians

    ver detalhes
  • Sanchez e Roberto de Andrade, atual e ex-presidentes do Corinthians

    Corinthians registra déficit de R$ 35 milhões em 2017; veja números do balanço financeiro

    ver detalhes

Quem o Ronaldo poderia trazer?

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes