Sindicalista na defesa do Timão

Sindicalista na defesa do Timão

Por Meu Timão

Para o zagueiro Paulo André, política não é coisa apenas para dirigentes. Prestes a fazer sua primeira partida em 2011, o jogador não defende apenas a meta do goleiro Júlio César, mas também todos os companheiros de profissão. Paulo André é militante ativo do Sindicato dos Jogadores Profissionais de São Paulo.

Desde o final do ano passado, é um dos principais jogadores a atuar na instituição, presidida por Rinaldo Martorelli.“Procurei o sindicato para verificar a situação de alguns direitos dos atletas que não estavam sendo cumpridos. Fui bem recebido e passei a procurar outros jogadores para atuar aqui também”, explicou o zagueiro.

Diante das dificuldades, como a falta de militantes, Paulo André procurou jogadores de renome para dar mais peso ao sindicato em negociações por melhores condições à classe.

“Aqui no Corinthians o Alessandro também participa. Já falei com o Rogério (Ceni), o Kleber e o Lincoln. Alguns dão opiniões, outros apoio”, explica o jogador, que trabalha para montar um conjunto de reivindicações para entregar à Federação Paulista de Futebol.

Segundo Paulo André, uma das mais urgentes é a regularização dos salários dos jogadores das Séries A-2 e A-3 do Paulista.“Existem muitos casos de atrasos de salários nessas equipes, apesar de 86% dos jogadores de futebol no Brasil ganharem de um a três salários mínimos apenas”, conta.

O calendário e um seguro para jogadores recém-aposentados estão na pauta. O seguro, inclusive, é assunto que Paulo André e o ídolo Ronaldo entram em discórdia. O craque, que acabou de pendurar as chuteiras, defende uma aposentadoria aos jogadores. O zagueiro é contra. “Acho que não deveria ter direito à aposentadoria e sim um seguro-aposentadoria, de apenas dois anos, até o atleta ser reinserido no mercado.”


Fonte: Estadão

Veja Mais:

  • Renê Júnior, Zé Rafael e Juninho Capixaba: Corinthians de olho em trio do Bahia

    Novo presidente do Bahia é eleito, e Corinthians deve definir ao menos três negociações

    ver detalhes
  • Ronaldo não tem interesse em trabalhar com futebol no Brasil

    Ronaldo admite apoio a Andrés, mas nega vontade de assumir cargo no Corinthians

    ver detalhes
  • Meia pode ser envolvido em troca por jogadores do atual plantel alvinegro

    Segundo jornalista, Corinthians lidera briga com rivais paulistas por meia do Fluminense

    ver detalhes
  • 7 jogadores emprestados que podem voltar ao Corinthians em 2018

    VÍDEO: 7 jogadores emprestados que podem voltar ao Corinthians em 2018

    ver detalhes

Boa! Tomara que dê certo e que jogadores das divisões mais baixas tenham proteção de seu sindicato.

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes