Timão ainda espera o sim de Alex

Timão ainda espera o sim de Alex

Por Meu Timão

São Paulo - A diretoria do Corinthians adota, pubicamente, uma postura discreta sobre a contratação do meia Alex, do Spartak Moscou, da Rússia. No entanto, o MARCA BRASIL apurou que o as negociações continuam. Alex, de 29 anos esteve no Brasil, no último final de semana, para visitar sua esposa, que tem uma gravidez de risco, e conversou com o Alvinegro. Voltou para a Rússia com a ratificação da proposta que já lhe fora feita há cerca de um mês e a missão de reduzir o que o Spartak pede para liberá-lo.

Porém, os cartolas alvinegros evitam falar em contratações nesta reta final do Paulistão e, oficialmente, não confiram as conversas. “Nós sabíamos que ele esteve aqui no Brasil. Garanto que não conversamos com ele. Esperamos o melhor momento para negociar. Não queremos atrapalhar o andamento do time na reta final do Paulista”, afirmou Edu Gaspar, gerente de futebol. “Nós estamos aguardando agora o Alex e o seu empresário (Luis Carlini). Nós já passamos tudo a eles e não temos mais nada o que fazer. Se ele vier, será apenas em agosto”, disse Duílio Monteiro Alves, diretor adjunto, o homem forte do clube com relação às contratações.

Edu Gaspar se reuniu com Alex no CT Joaquim Grava, no mês passado, para informá-lo sobre o interesse corintiano e apresentar o projeto do clube para o Brasileiro. No curto bate-papo que teve com um dirigente, no início desta semana, o meia foi questionado se já conversara com o clube russo sobre seu desejo de retornar ao futebol brasileiro, forçando uma redução no valor exigido pelo Spartak para sua compra , de 7 milhões de euros (aproximadamente R$ 16,5 milhões).

O Corinthians estuda oferecer 5 milhões de euros (cerca de R$ 11,7 milhões). A reportagem tentou contato com Alex, mas não obteve sucesso. Já o empresário do meia, Luis Carlini, se esquivou sobre a conversa de seu cliente com o Timão. “Se for para falar de Alex, não tenho mais nada a dizer. Vamos esperar o futuro”, disse.

Em março, Alex revelou ao MARCA BRASIL que quer voltar ao Brasil. Apesar de ser ídolo máximo do time moscovita, ele quer maior visibilidade e, principalmente, ser lembrado por Mano Menezes. E assim, ter chance de atuar na Copa do Mundo de 2014.

 

Fonte: Marca BR

Veja Mais:

  • Corinthians venceu o Paulistão no começo do ano

    Corinthians conhece adversários de grupo do Campeonato Paulista de 2018; veja as chaves

    ver detalhes
  • Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, resolveu pressionar a arbitragem

    Presidente do Grêmio pressiona arbitragem antes do duelo com o Corinthians: 'careca vagabundo'

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade falou sobre luta do Corinthians no Brasileirão

    Roberto de Andrade opina sobre motivo da queda de rendimento do Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians é o maior vencedor do Campeonato Paulista

    Datas, novidade na lista de inscritos e premiação: saiba tudo sobre o Paulistão 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes