Em homenagem, Ronaldo chora e Neto se reconcilia com a diretoria

Em homenagem, Ronaldo chora e Neto se reconcilia com a diretoria

Por Meu Timão

Neto é um dos maiores ídolos da história do Corinthians

Neto é um dos maiores ídolos da história do Corinthians

O ex-goleiro Ronaldo não se conteve quando começou a circular pelo Memorial do Corinthians no início da tarde deste sábado. Ovacionado por dezenas de torcedores, o hoje comentarista esportivo chorou copiosamente em uma homenagem promovida pela diretoria aos campeões brasileiros de 1990. O evento também comoveu o ex-meia Neto, que cobrava uma festa em memória do primeiro título nacional do clube.

Em reportagem especial publicada pela Gazeta Esportiva.Net  no dia 16 de dezembro do ano passado (data do 20º aniversário da conquista do Corinthians sobre o São Paulo), Neto havia desabafado contra a falta de reconhecimento aos campeões de 1990 por parte dos dirigentes. Fez um apelo ao presidente Andrés Sanchez, "um cara que ia aos jogos de 1990 e depois acabava na zona comigo", para que seus companheiros fossem homenageados.

O pedido de Neto finalmente foi atendido. No Memorial do Corinthians, ele colocou a marca dos seus pés na Calçada da Fama do clube neste final de semana. Ronaldo deixou um registro de suas mãos e ganhou uma camisa I - em algarismo romano, como ele usava quando jogador. "Agora, não tenha mais nada o que falar da diretoria corintiana. Esquece aquilo. O que fizeram para nós foi algo muito especial, por quem reconhece seus ídolos. Hoje, estou imortalizado como corintiano. Já posso morrer em paz", discursou o ex-meio-campista.

Ronaldo, ao contrário, não conseguia se pronunciar por muito tempo. O ex-goleiro caiu em prantos ao ouvir os torcedores cantarem o hino do Corinthians e gritarem o seu nome. Quando solicitaram que se manifestasse com o microfone em mãos, ele engasgou. "Cheguei ao Corinthians com 12 anos e saí com 30. Eu me formei homem aqui. Amo esse clube", balbuciou, muito emocionado. "Acaba logo isso, por favor", disse para si mesmo, em seguida.

Os organizadores da homenagem haviam projetado um evento ainda mais grandioso. Convidaram o ex-meia-atacante Tupãzinho (autor do gol do título de 1990, na final contra o São Paulo) para participar da festa, mas o agora dirigente do Tupã não tinha disponibilidade para estar em São Paulo neste sábado. "Aos poucos, os ex-jogadores vão sendo lembrados. Todo aquele grupo de 1990 será representado", comentou Neto, que se deixou contagiar por Ronaldo e também derramou algumas lágrimas.

A prova de que a presença na Calçada da Fama serviu para a estrela do time campeão brasileiro de 20 anos atrás se reconciliar definitivamente com o amigo Andrés Sanchez apareceu quando ele abordou seus planos para o futuro. "É claro que ainda quero ser presidente do Corinthians! Amo muito esse clube, e as pessoas até me cobram imparcialidade na função de comentar. Quem sabe já não me candidato em 2018, em uma chapa com o Andrés?", cogitou.

Por enquanto, Neto e Ronaldo se contentam em dividir o tempo entre seus trabalhos como comentaristas (na TV Bandeirantes e na Rede TV!, respectivamente) e torcer pelo Corinthians. "Vamos ganhar de 1 a 0 do Palmeiras no domingo, com gol de pênalti do Chicão", apostou o Xodó da Fiel, enquanto o ex-goleiro abraçava seus fãs. Familiares dos dois ídolos corintianos também presenciaram a homenagem.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Juninho é um dos destaques do Bahia

    Corinthians altera moeda de troca e faz contraproposta por lateral do Bahia

    ver detalhes
  • Gramado da Arena foi retirado e o estádio está sendo montado para o Monster Jam

    Gramado 'irreconhecível' da Arena Corinthians chama atenção em foto que circula nas redes sociais

    ver detalhes
  • Tréllez foi autor do gol da Vitória sobre o Corinthians na Arena no BR-17

    Corinthians nem nenhum outro clube fez proposta por Tréllez, alega novo presidente do Vitória

    ver detalhes
  • Estádio do Pacaembu receberá jogos do Corinthians em janeiro de 2018

    São Caetano altera estádio, e Corinthians atuará os quatro primeiros jogos no Pacaembu

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes