Corinthians e Grêmio pressionam e CBF antecipa janela de inscrições

Corinthians e Grêmio pressionam e CBF antecipa janela de inscrições

Por Meu Timão

951 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Os clubes que contrataram ou que irão se reforçar com jogadores que estão atuando no exterior poderão reforçar suas equipes antes do esperado para o Campeonato Brasileiro. Depois de pressão principalmente de Corinthians e Grêmio, a janela de transferência foi antecipada para 15 de junho até 15 de julho. Antes estava prevista para abrir para todo mês de agosto. O clube paulista queria a antecipação para contar o quanto antes com o meia Alex, que estava no Spartak, da Rússia, e já foi apresentado. Já a equipe gaúcha pediu a antecipação das inscrições para poder contar com o meio-campista pentacampeão mundial Gilberto Silva, que estava na Grécia.

A medida da CBF é a mesma utilizada em 2010, mas no ano passado o Internacional foi quem mais pressionou para poder inscrever jogadores que foram contratados junto a times do exterior.

Naquela ocasião, o time gaúcho inscreveu o goleiro Renan, o volante Tinga e o atacante Rafael Sobis para o Brasil e, principalmente, para as partidas da semifinal da Libertadores, contra o São Paulo.

Fonte: Folha

Veja Mais:

  • Renan Areias comemora o gol marcado contra o São Paulo, na final da Copa do Brasil Sub-20

    Corinthians vence São Paulo na Arena e sai na frente na final da Copa do Brasil Sub-20

    ver detalhes
  • Maycon (à esq.) não fica após Copa; Rodriguinho e Jadson devem receber ofertas

    Andrés diz que Corinthians deve perder três titulares durante janela de transferências

    ver detalhes
  • Destaque no Timãozinho, Rafael Bilu despertou interesses de clubes europeus

    Meia-atacante do Sub-20 do Corinthians admite sondagem da Europa; saída pode ser de graça

    ver detalhes
  • Osmar Loss não esboçou o time titular no treinamento deste sábado

    Loss mantém mistério no Corinthians e poupa titulares em último treino; veja provável escalação

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes