CT do Corinthians a todo Vapor

CT do Corinthians a todo Vapor

Muros do CT do Corinthians

Muros do CT do Corinthians

Se o estádio do Corinthians tivesse o mesmo ritmo acelerado das obras do CT do clube no Parque Ecológico a arena de Itaquera já teria começado a ser construída há algum tempo. Inaugurado em setembro de 2010 com apenas 40% do seu projeto pronto, o centro de treinamentos Joaquim Grava caminha a passos largos para ter toda sua área dedicada ao futebol profissional entregue em outubro.

A seleção brasileira já poderá usufruir da estrutura do local no dia 5 de junho. ginásio multiuso está em fase de acabamento e o hotel e o restaurante, que ficam logo ao lado dos vestiários e das salas dos profissionais do clube, já foram edificados e começaram a ser erguidos.

Segundo o presidente Andrés Sanchez, com recursos próprios, o Corinthians já gastou cerca de R$ 20 milhões no local e o total chegará a R$ 45 milhões, já somados os gastos que serão feitos em área ao lado do CT profissional, onde ficarão alojadas as categorias de base do clube.“Eu acredito que até o final do meu mandato (em dezembro) tudo vai ficar pronto. Contando com o amador vai dar uns 45 milhões”, disse Andrés, no último sábado.

A área dedicada à base terá três campos e um miniestádio além de alojamento para os garotos que ficavam em Itaquera. A previsão é de que em dois anos esta área fique pronta. Por enquanto tratadores trabalham no local para nivelar o terreno e bloquear a área do córrego que passa atrás do complexo. A área tem no total 198 mil metros quadrados.

Nesta semana e na próxima, funcionários contratados pelo clube darão um novo toque a algumas áreas do CT que receberá a seleção brasileira no dia 5 de junho, para treinos antes da despedida de Ronaldo, que acontece dois dias depois. Por causa disso, o Corinthians treinará por três dias em Extrema-MG, entre 2 e 4 de junho. Nesta sexta-feira será inaugurado o novo estacionamento para a imprensa e para visitantes que fica logo ao lado da área onde ficará o campos da base.

Segundo o médico Joaquim Grava, que dá nome ao CT, serão implantadas ainda neste ano 18 câmeras de vigilância que identificarão todos os funcionários do CT. Pessoas não autorizadas não poderão circular em determinadas áreas do complexo corintiano.

“Estamos vendo isso. É algo comum lá fora”, disse. Ele brinca que jogadores não relacionados para uma partida não terão acesso ao CT e serão reconhecidos por este mecanismo. “Vai ter um sensor que reconhece todos que trabalham no CT e a hora que ele pode estar aqui. Se jogador não for reconhecido vai ficar de fora”, brincou.

Segundo Grava, o mais caro agora será mobiliar o hotel. “A parte mais cara agora é o mobiliário. É muito detalhe. Tem a cozinha também, que pede várias específicas. Mas acho que o pessoal do marketing consegue muita coisa para gente. Talvez fazendo alguma permuta”, comentou. A capela ecumênica que fica perto da sala de imprensa está em fase final de acabamento. Há também algumas áreas de convivência para a imprensa, logo ao lado dos campos do CT, que estão em fase final de construção.

Fonte: Site IG

Enviado por: Luciano Cruz

Veja Mais:

  • Dupla Jô-Rodriguinho já não se mostra mais tão efetiva quanto em outros tempos

    Corinthians leva dois gols de bola área, perde do Botafogo e fica pressionado no Brasileirão

    ver detalhes
  • Clayson falou com a imprensa brevemente: 'Não foi nada demais'

    Atacante do Corinthians é conduzido por policiais a prestar esclarecimentos no Rio

    ver detalhes
  • Corinthians de Carille perdeu do Botafogo na noite dessa quarta-feira

    Torcida 'perdoa' cinco jogadores e dá pior nota a Carille após derrota do Corinthians no Rio

    ver detalhes
  • Acorda, presidente!

    [Walter Falceta] Acorda, presidente!

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes