O medo que nos rendeu um empate

O medo que nos rendeu um empate

756 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O jogo de ontem poderia ter tido uma história diferente, caso tivéssemos um treinador menos medroso do que o Tite. O Corinthians estava dominando o jogo todo até que o artilheiro Liédson sentiu uma dor no joelho e pediu substituição. A hora ideal para a entrada do Emerson Sheik, certo ? Errado, pois temos o Tite como treinador, e ele optou pela entrada de um volante, o Edenílson. E o resultado já sabem, pressão do Flamengo até o final do jogo com direito a bola na trave.

E não foi só isso, aos 25 minutos do segundo tempo, para desespero do torcedor Corinthiano, quem vai para o aquecimento ? Moradei. Acredito eu que todo torcedor alvinegro teve o mesmo sentimento de revolta contra o nosso comandante. Não fosse Jorge Henrique sentir a coxa, mais uma vez teríamos que aturar o Moradei, um dos símbolos do rebaixamento, que sabe lá Deus, porque recontrataram esse jogador depois da pífia campanha de 2007.

Isso sem falar da velha insistência do nosso treinador em um jogador que já provou que não tem a mínima condição de vestir o nosso manto alvinegro, que é o Morais. Em um lance de ataque o William passou livre pela direita e Morais foi fominha e preferiu chutar.

É torcedor Corinthiano, infelizmente, viveremos fortes emoções durante esse Brasileirão, pois temos um treinador medroso, que pensa sempre em encher o time de volantes e sempre fica satisfeito com empates. Enquanto tivermos o Tite no comando vamos ter que nos contentar com isso.

Fonte: Blog : O Bando de Loucos

Enviado por: Felipe Leone

Veja Mais:

  • Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

    'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Goleada contra o Paraná isolou Corinthians na liderança do Brasileirão

    Corinthians termina segunda rodada isolado na liderança do Brasileirão; veja classificação

    ver detalhes
  • Clube lançou campanha contra o preconceito com o futebol feminino

    Corinthians Feminino estampa frases machistas na camisa em ação por patrocínios; entenda

    ver detalhes
  • Mulherada do Corinthians venceu mais uma no Paulistão Feminino

    Grazi faz quatro, Corinthians goleia Juventus e segue 100% no Paulista Feminino

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes