Ainda triste por derrota no clássico, Paulinho diz que não vai secar São Paulo

Ainda triste por derrota no clássico, Paulinho diz que não vai secar São Paulo

Ninguém no Corinthians diz encarar a partida de 26 de junho, contra o São Paulo, como chance de dar troco pela derrota no último encontro com o rival, quando Rogério Ceni fez seu gol de número 100. Mas a lembrança ainda está fresca na cabeça dos jogadores.

O volante Paulinho admite que fica chateado ao se lembrar da partida, mas que não vai além disso.

- É claro que a gente fica com sentimento meio de tristeza por ter perdido o jogo por 2 a 1, mas já passou. Temos que dar a volta por cima. É um clássico, e nós temos que ter atenção dobrada para sair com os três pontos.

Ao contrário do São Paulo, que é líder do Campeonato Brasileiro, com 100% de aproveitamento, e entrou em campo neste domingo (19), diante do Ceará, o terceiro colocado Corinthians não teve compromisso, porque a partida contra o Santos foi adiada para agosto.

Apesar da folga, Paulinho assegura que não vai torcer contra o rival.

- Não vou secar. O São Paulo tem o jogo dele, e nós temos que fazer nossa parte.

Ainda triste por derrota no clássico, Paulinho diz que não vai secar São Paulo

Fonte: Maycon

Enviado por: Maycon

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o Paulistão no começo do ano

    Corinthians conhece adversários de grupo do Campeonato Paulista de 2018; veja as chaves

    ver detalhes
  • Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, resolveu pressionar a arbitragem

    Presidente do Grêmio pressiona arbitragem antes do duelo com o Corinthians: 'careca vagabundo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes