Odebrecht banca estádio do Timão em 2011

Odebrecht banca estádio do Timão em 2011

Por Meu Timão

Corinthians e Odebrecht já trabalham com a hipótese de o empréstimo de R$ 400 milhões do BNDES ser liberado somente no ano que vem. A demora se deve a trâmites burocráticos, uma vez que o pedido ao banco estatal sequer foi formalizado.

Mesmo os estádios que estão com suas obras adiantadas, como a Fonte Nova e o Mineirão, ainda não conseguiram receber um centavo do banco. Assim, está decidido que até 2011 a Odebrecht bancará os custos da obra do estádio em Itaquera.

Depois, quando o dinheiro aparecer na conta do Timão, haverá um acerto entre as partes. “É um trabalho complexo, detalhado, uma obra que será paga pelo Corinthians”, costuma dizer Luis Paulo Rosenberg, diretor de marketing do clube. Ele explicou que o empréstimo está garantido, mas será o Corinthians quem pagará a dívida.

Nesta quinta, o canteiro de obras passou a ter novos serviços. A terraplenagem, que começou há dois meses, entrou em fase final e o terreno já está sendo preparado para ser perfurado para receber estacas. Só esse processo custa cerca de R$ 10 milhões.

O pedido do empréstimo ao BNDES só será formalizado após a assinatura do contrato entre Odebrecht e Corinthians para a construção da arena, que tem custo estimado em R$ 820 milhões. Por enquanto, a empresa e o clube ainda não chegaram a um termo comum e não existe prazo para que isso aconteça.

O primeiro passo para a assinatura foi dado nesta semana, quando a Fifa aceitou as garantias financeiras dadas pelo clube. O BNDES também pediu garantias ao Corinthians e à Odebrecht, que será a avalista do empréstimo. Além disso, o estádio tem de preencher requisitos de sustentabilidade ecológica.

Como a Odebrecht é uma das maiores empresas da América Latina, o Corinthians soube desde o começo que ficaria mais fácil obter financiamentos numa parceria com ela. Esse foi um dos motivos para o clube jamais ter rompido o acordo, apesar de ter sondado outras empreiteiras para construir seu estádio.

Fonte: Jornal da Tarde

Veja Mais:

  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes
  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Jô tem permanência incerta no Corinthians para 2018

    Portal destrincha o porquê da cautela do Corinthians para contratar atacante para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes