Mancini gostaria de manter Tevez, mas diz que felicidade do jogador é importante

Mancini gostaria de manter Tevez, mas diz que felicidade do jogador é importante

O técnico Roberto Mancini, do Manchester City, colocou mais tempero na novela que envolve a possível saída de Tevez do clube inglês. Em entrevista à ESPN Deportes, o italiano disse que gostaria de contar com Tevez, mas admite que o jogador não pode continuar em um lugar no qual não esteja feliz.

"Espero que Carlos Tevez possa ficar conosco, porque ele é um fantástico goleador. Mas voltamos a mesma discussão que já tivemos. É importante que um jogador fique em um lugar onde ele é feliz. Espero que ele possa ficar, mas no momento ele está na Copa América e devemos esperar", disse Mancini.

Tevez está na Argentina, onde disputa a Copa América com a seleção de seu país. Na semana passada, ele deu entrevista dizendo mais uma vez que não está feliz na Inglaterra. O atacante pretende voltar para perto da família, o que implicaria jogar na América do Sul. Como o futebol argentino está financeiramente muito abalado, a solução seria jogar no Brasil.

E, em solo brasileiro, Tevez tem apenas um time que interessa: o Corinthians, equipe que defendeu em 2005 e 2006 e da qual tornou-se ídolo. No início da semana, o empresário Kia Joorabchian, espécie de mentor do argentino, disse que era um sonho do jogador retornar ao clube paulista.

Diante da possibilidade de ter o retorno de um de seus grandes ídolos recentes, o Corinthians fez uma ousada proposta de 40 milhões de euros para o Manchester City, oferta que foi prontamente recusada pelo clube inglês.

Na sexta-feira, jornais ingleses como Daily Mail e Guardian publicaram que o Corinthians havia aumentado a proposta em pelo menos 10%, chegando a um valor entre 44 e 45 milhões de euros ­ muito próximo dos 50 milhões exigidos pela equipe inglesa.

Mancini afirmou, ainda em entrevista à ESPN, que tem boa relação com Tevez, e elogiou o comportamento do argentino. "Tenho uma fantástica relação com ele. Carlos Tevez tem uma boa relação comigo e com as outras pessoas que trabalham em meu corpo técnico e com os companheiros. Ele é uma boa pessoa. Ele é um dos melhores jogadores que já dirigi na minha carreira, quando joga, joga sempre 100%", afirmou o técnico.

Fonte: ESPN.com.br

Enviado por: Pedro Carlos de Souza

Veja Mais:

  • Resultados do domingo pressionam Corinthians para duelo desta segunda-feira

    Rivais vencem na rodada e diminuem vantagem do Corinthians na liderança; veja classificação

    ver detalhes
  • O Timão não conseguiu passar pelo Sorocaba na tarde deste domingo

    Gol ilegal e confusão da torcida: Corinthians/UNIP fica com o vice da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Corinthians/Guarulhos disputou a segunda rodada da Superliga de Vôlei neste domingo

    De virada, Corinthians/Guarulhos vence Minas e conquista primeira vitória na Superliga

    ver detalhes
  • Léo Príncipe, Maycon e Fagner estão na lista de jogadores divulgada pelo Corinthians

    Sem Pablo e Pedrinho, Corinthians relaciona 22 jogadores contra o Botafogo

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes