Júlio César vai parar por quatro semanas após jogar com luxação no dedo

Júlio César vai parar por quatro semanas após jogar com luxação no dedo

Por Meu Timão

Júlio César disse após a partida: O Corinthians é assim

Júlio César disse após a partida: O Corinthians é assim

O goleiro Júlio César, alçado ao posto de herói por ter jogado com o dedo visivelmente machucado contra o Botafogo, vai parar por quatro semanas. O camisa 1 corintiano foi avaliado durante a madrugada e vai desfalcar a equipe de Tite por conta da luxação no dedinho da mão esquerda.

A informação foi confirmada pelo Corinthians, que divulgou uma nota no seu site oficial. Segundo o clube, o dedo machucado de Júlio César ficará imobilizado entre 15 a 20 dias. Depois disso, ele ainda terá de passar por um trabalho de readaptação para retornar aos gramados.

O lance aconteceu nos minutos finais da vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Botafogo, na última quarta. Depois de fazer uma defesa, o goleiro tirou a luva com dores e exibiu o dedo mínimo da mão esquerdo com uma lesão visível. Na saída do gramado, Júlio César chegou a falar em "fratura exposta".

Como Tite já havia feito as três substituições, ele teve de ficar em campo e chegou até a fazer uma defesa. O desempenho lhe rendeu elogios nas redes sociais. O tópico #juliocesarguerreiro rapidamente atingiu a lista dos mais comentados do Twitter, com elogios à garra do goleiro alvinegro, antes muito criticado pela insegurança.

Júlio César foi diagnosticado com uma luxação e teve de passar a noite em um hospital do Rio de Janeiro. Segundo o clube, ele teve de passar por uma sutura no local, recebeu medicamentos e passa bem.

Curiosamente, após o momento de maior reconhecimento por parte da torcida Júlio César vai dar espaço para o seu concorrente. Renan, contratado há pouco tempo do Avaí, deve assumir a titularidade no Corinthians no período de ausência do camisa 1.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes