Ex-árbitro põe Ney Franco na mira do Corinthians e cria fantasma para Tite

Ex-árbitro põe Ney Franco na mira do Corinthians e cria fantasma para Tite

Por Meu Timão

3.2 mil visualizações 0 comentários Comunicar erro

Mano Menezes conversando com Ney Franco

Mano Menezes conversando com Ney Franco

Ex-árbitro e atualmente comentarista, Alfredo Santos Loebeling escreveu em sua página no FaceBook que Ney Franco, campeão mundial sub-20 pela seleção brasileira, negocia com o Corinthians.

“Amigos corintianos… podem me cobrar:  lembram do diretor que me contou sobre a contratação do Ronaldo, antes de ela ser anunciada e que eu publiquei aqui? Agora, ele me garante que já existe uma negociação em andamento. Um treinador para o lugar de Tite… O nome dele? Ney Franco… Depois, todo mundo da imprensa vai dizer que é um furo…”, escreveu o ex-juiz.

Apesar de a CBF já ter afirmado exigir exclusividade de seu funcionário, a postagem de Lobeling fez barulho entre conselheiros corintianos. Eles lembram que o técnico foi indicado para a seleção por Mano Menezes, com quem Andrés Sanchez se dá muito bem.

Por outro lado, amigos do presidente alvinegro afirmam que seu grande sonho é contratar o palmeirense Luiz Felipe Scolari. Seja como for, Tite segue tocando a vida no Parque São Jorge, cada vez com mais críticos pegando em seu pé.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Roger se despediu dos seus companheiros na tarde desta sexta-feira no CT

    Sem espaço no Corinthians, Roger pede rescisão e é atendido pela diretoria

    ver detalhes
  • Marquinhos Gabriel foi anunciado como reforço do Cruzeiro

    Marquinhos Gabriel deixa Corinthians e é anunciado pelo Cruzeiro

    ver detalhes
  • Ramiro está confirmado por Carille e médicos do Corinthians para a partida deste domingo

    Carille confirma escalação do Corinthians para estreia do Paulistão; Ramiro tem situação atualizada

    ver detalhes
  • Primeiro ano de Andrés no atual mandato como presidente do Corinthians fechará no vermelho

    Com dois meses a menos, déficit do Corinthians em 2018 ultrapassa o de 2017

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes