Justiça feita: Torcida organizada do Palmeiras, Mancha Verde é banida dos estádios

Justiça feita: Torcida organizada do Palmeiras, Mancha Verde é banida dos estádios

Por Meu Timão

Torcedores do Palmeiras mataram um torcedor Corinthiano

Torcedores do Palmeiras mataram um torcedor Corinthiano

Reportagem da Folha de São Paulo conta que a torcida que participou do homicídio do torcedor Corinthiano que foi assassinado com pauladas e depois estrangulado, foi banida dos estádios.

Veja a matéria da Folha:

A FPF (Federação Paulista de Futebol) decidiu nesta quarta-feira banir a torcida organizada palmeirense Mancha Alviverde dos estádios em São Paulo. A medida acontece após os incidentes registrados antes do clássico contra o Corinthians, em Presidente Prudente, no último domingo, pelo Brasileiro.

Na confusão, os torcedores Lucas Alvez Lezo e Roberto Vieira de Castro, ambos de 21 anos e integrantes "Mancha", terminaram baleados --o primeiro na perna e o segundo no glúteo. Enquanto Lucas recebeu alta nesta terça, Roberto continua internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em estado grave e não tem previsão de saída.

Procurada pela Folha, a diretoria da torcida organizada não foi encontrada no telefone de sua sede, em Perdizes, sob alegação de que todos os seus membros viajaram para o Rio, onde o Palmeiras enfrenta o Botafogo, à noite, pela 20ª rodada do campeonato.

Em seu site oficial, a uniformizada acusa a Polícia Militar de ter sido a responsável pelo que aconteceu. Com um texto que toma toda a página, antes mesmo da tela inicial, acusa a PM de "descaso" e de ter usado usado munição convencional, e não de borracha.

"A imprensa só ouve uma versão e, como sempre, somos expostos como culpados. (...) Não respeita quem foi vítima de uma atrocidade e exagero no país da Copa", acrescenta.

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes