Um estádio chamado Invejão.

Um estádio chamado Invejão.

Quando o estádio do Corinthians foi anunciado, na ocasião do seu Centenário, a notícia causou incredulidade nos secadores, que logo partiram para o deboche, declarando o clube incapaz de realizar tal façanha. Quando viram que era para valer, surgiu a revolta; políticos de menor expressão tentaram de tudo para barrar o projetos de incentivos fiscais da Prefeitura; jornalistas atentavam para o abuso com o dinheiro público –sabe-se que os incentivos fiscais nada tem a ver com dinheiro público, pois simplesmente, sem o estádio, não haveria investimento em Itaquera, e são exatamente esses investimentos da iniciativa privada que o estádio vai atrair. Sobre o BNDES, que financia todos os estádios do país, se há um investimento em que sabe que haverá retorno, esse é, sem dúvida, o estádio do Corinthians.

O resto da história, todos conhecemos, o Corinthians trinfou sobre a inveja. Mas a inveja, essa megera, ao ver que o empreendimento toma corpo, continua a aumentar. Surgiu da redação da Folha de São Paulo, logo assumido pelo “criativo” Estadão.com, o nome Itaquerão. A Globo, um pouco mais tímida, já começa também a fazer a sua parte, cunhando o estádio de Itaquerão, em chamada principal no Jornal Nacional, de Itaquerão, isso depois do Depto de marketing do Timão pedir para que não dessem apelidos ao estádio.

Convenha-se. O nome Itaquerão é, para começo de conversa, preconceituoso. De profundo mau gosto (o nome caberia bem em um aterro sanitário, os populares lixões, ou num centro comunitário em que se oferecesse o Projeto Bom-Prato, juntamente com o Poupa-Tempo, para as populações carentes). Mas, a imprensa tupiniquim preferiu assumir o risco desta acusação legítima, a deixar vingar o projeto corinthiano de maximizar o seu faturamento com o naming rights, onde quem pagar mais, colocará o seu nome no estádio. Em nome do ódio ao Corinthians, profissionais sem-noção da imprensa tentam dar ao maravilhoso estádio que surge em Itaquera esse ridículo nome. Aliás, Itaquerão não é nome, é uma pecha. Que a nação corinthiana esteja alerta contra o ódio daqueles que não sabem como vão engolir tamanha conquista do Timão, e não reproduzam esse apelido, de forma alguma. O nome do estádio, por enquanto, é Invejão.

Imagem: Veja

Um estádio chamado Invejão.

Fonte: Roda de Corinthianos

Enviado por: Dirceu Felipe de Barros

Veja Mais:

  • Corinthians e Grêmio se enfrentam neste domingo, na Arena em Itaquera

    Saiba como assistir ao jogo entre Corinthians e Grêmio na televisão nesta quarta

    ver detalhes
  • Pablo usou suas redes sociais para soltar comunicado sobre seu desempenho no Corinthians

    Pablo desabafa em rede social sobre desempenho no Corinthians e afirma: 'Ninguém vai tirar meu foco'

    ver detalhes
  • Noite vai ser de Arena Corinthians lotada para confronto decisivo

    Fiel garante quase 10 mil ingressos em um dia; Corinthians atualiza parcial contra o Grêmio

    ver detalhes
  • Corinthians venceu Grêmio por 1 a 0 no primeiro turno, em Porto Alegre

    Final de campeonato? Corinthians e Grêmio se enfrentam pela liderança do Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes