Crônica: Corinthians vence o Bahia por 1×0 no Pacaembu

Crônica: Corinthians vence o Bahia por 1×0 no Pacaembu

O Corinthians entrou em campo com a mesma proposta do último jogo, a de não tomar gols. Saiu efetivo neste quesito e ainda marcou um gol com Emerson no segundo tempo e levou a vitória para casa.

O técnico Tite fez o que eu vinha pedindo aqui há muito tempo, substituir a nossa zaga que estava passando por uma má fase, e ele fez, colocou Paulo André e Wallace no lugar de Chicão e Castán e até o momento tem dado certo. São dois jogos sem tomar gols, seja pela qualidade da dupla ou demérito dos atacantes adversários. Corinthians e Bahia entraram em campo para o primeiro tempo onde o alvinegro tinha a posse de bola mas não acertava o caminho do gol e o tricolor baiano se defendia tranquilamente. O Corinthians não tinha meio de campo. Alex estava atuando mais como lateral esquerdo do que como ponta, fato que ficou evidenciado quando vimos em vários momentos o Fábio Santos no circulo central recebendo a bola e distribuindo. O Danilo estava melhor (ou “menos pior”, como preferir, porque o time não estava bem do meio para frente), dominava, tocava e caía e o juiz nada marcava. O Timão emendou um grande cai-cai no primeiro tempo fazendo eu me lembrar dos tempos do Dentinho (gostava do garoto mas nos ultimo ano no clube estava dando uma de Neymar) no time, precisamos resolver essa situação e começarmos a jogar mais futebol.

A primeira metade da partida foi chata, sem grandes lances ou grandes jogadas. O Corinthians cercava pela intermediária e o Bahia tentava contra-ataques. Chegou uma vez com perigo (em todo o jogo) e parou em uma defesa do Júlio César (que contou com a sorte porque a bola bateu no travessão, no chão e subiu para o zagueiro Titi cabecear). O Corinthians chutava fraquinho de fora da área, sem incomodar o goleiro Marcelo Lomba.

No segundo tempo o time voltou sem substituições e manteve a mesma postura. Esbarrando no meio congestionado do time do Bahia. As melhores oportunidades do primeiro tempo e do segundo surgiram pelo lado esquerdo, assim como o lance do gol. Só o Tite que achava melhor insistir do lado direito, o Fábio estava apoiando tanto quanto o Alessandro mas com mais qualidade. Um minuto antes de ser substituído, o apagado Alex cobrou o escanteio, a bola voltou, ele cruzou na área e ela sobrou para Emerson bater de bate-pronto e estufar as redes do Bahia. Um a zero com um gol do atacante que mais erra “gols feitos” no Corinthians.

Jorge Henrique entrou e o Corinthians aumentou a correria mas continuou o mesmo. Joel Santana mexeu três vezes no seu time e felizmente nada mudou do lado tricolor, enquanto o Timão permanecia no campo de ataque com a bola dominada, sem oferecer perigo ao adversário. Até que Emerson Sheik ia ser substituído por Morais e a pedido do técnico Tite ele caiu no gramado para fazer a famosa cera de fim de jogo. O árbitro, que imitou o que aconteceu com o Edenílson na partida contra o Grêmio, amarelou o jogador do Corinthians, fato que não acontece com nenhum outro clube, sendo que neste Brasileiro só o que temos é time fazendo cera no final do jogo. Emerson ironizou com palmas e foi expulso. Novamente um jogador alvinegro recebe o vermelho no momento em que estava sendo substituído. Parece que a regra não é a mesma para todos.

O Morais entrou assim mesmo só que no lugar do William e o Corinthians, que não queria mais jogo tratou de segurar a bola no ataque e esperar terminar os dois minutos regulamentares dados pelo Juiz.

O Emerson não merecia ter sido expulso neste lance e sim na entrava violenta, desleal e desnecessária que ele deu no jogador do Bahia, o Maranhão. Em um lance destes ele pode até quebrar o tornozelo de um profissional e encerrar a carreira deste jogador. É preciso ser prudente nas entradas, nas faltas, do outro lado existem profissionais que estão trabalhando. Não falo isso apenas para o Corinthians ou Bahia não, falo para todos os jogadores de todas as equipes. Quem sabe assim teremos menos contusões sérias nos jogos.

Fonte: Chute sem Pulo

Enviado por: Juarez Turrini

Veja Mais:

  • Corinthians é líder do Brasileirão de forma isolada

    Palmeiras perde em casa, Santos tropeça fora, e Corinthians segue líder isolado do Brasileirão

    ver detalhes
  • Vagner Mancini teria ofendido jornalista da Rádio Bandeirantes

    Vaza suposto áudio de Mancini festejando vitória com ofensa a jornalista: 'Babaca corinthiano'

    ver detalhes
  • Vitória comemorou triunfo sobre o Corinthians nas redes sociais

    Vitória cita jargão corinthiano para comemorar triunfo na Arena

    ver detalhes
  • Titular contra o Vitória, Gabriel se posicionou sobre a derrota em rede social

    'Mais forte do que nunca': jogadores do Corinthians comentam derrota nas redes sociais

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes