Vascaínos tentam entrar no estádio pelo lado do Corinthians e causam tumulto em São Januário

Vascaínos tentam entrar no estádio pelo lado do Corinthians e causam tumulto em São Januário

Por Meu Timão

A grande procura por ingressos para a partida entre Vasco e Corinthians, neste domingo, às 16, em São Januário, pela 27ª rodada do Brasileiro, gerou uma confusão nos portões de entradas do estádio vascaíno. Torcedores do clube carioca, desesperados para assistir ao jogo, compraram bilhetes destinados à torcida corintiana e tentaram entrar na área dos visitantes da arquibancada.

A polícia militar teve de agir para tentar impedir isso. Além de abafar a confusão na porta de entrada, os policiais fizeram uma revista minunciosa em todos os torcedores que tentavam entrar no setor. Aquele que tivesse alguma referência do Vasco - seja camisa, casaco ou qualquer outro adereço - era barrado.

A procura por ingressos para o duelo da tarde deste domingo foi grande desde o início das vendas. As entradas para o jogo se encerraram em apenas três horas e acabou gerando uma confusão na última terça-feira. Por conta das reclamações, um segurança do Vasco soltou um jato de extintor de incêndio. Este funcionário acabou sendo demitido e o torcedor agredido foi contemplado com um ingresso para o jogos.

Fonte: UOL

Veja Mais:

  • Juninho é um dos destaques do Bahia

    Corinthians altera moeda de troca e faz contraproposta por lateral do Bahia

    ver detalhes
  • Gramado da Arena foi retirado e o estádio está sendo montado para o Monster Jam

    Gramado 'irreconhecível' da Arena Corinthians chama atenção em foto que circula nas redes sociais

    ver detalhes
  • Tréllez foi autor do gol da Vitória sobre o Corinthians na Arena no BR-17

    Corinthians nem nenhum outro clube fez proposta por Tréllez, alega novo presidente do Vitória

    ver detalhes
  • Estádio do Pacaembu receberá jogos do Corinthians em janeiro de 2018

    São Caetano altera estádio, e Corinthians atuará os quatro primeiros jogos no Pacaembu

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes