Chicão admite: 'Faria totalmente diferente do que fiz'

Chicão admite: 'Faria totalmente diferente do que fiz'

Por Meu Timão

"Ele teve um tempo hábil para se enquadrar no perfil do time e refletir”, ponderou o técnico Tite, nesta terça-feira, ao explicar o porquê do retorno de Chicão ao banco de reservas, nesta quarta-feira, depois de três partidas afastado por conta do pedido de dispensa no clássico contra o São Paulo, há menos de um mês (21 de setembro). O ex-capitão revela que tomaria outra decisão, atualmente, ao invés de pedir para deixar a concentração. E que tem ciência da dificuldade de voltar ao time titular.

MARCA BRASIL: Como se sentiu ao saber que voltará ao banco de reservas contra o Botafogo?

Chicão: Estou bastante feliz. Mas independentemente se for para ficar no banco ou não, o importante é ficar com o grupo. Estou feliz só de saber que voltarei a ajudar. Tenho de esquecer o que passou.

MBH: Está arrependido do que fez ou faria diferente?

C: Não diria arrependido. Quando você toma uma decisão, tem que saber o que vai acontecer. Vieram críticas e eu soube absorver. Temos que respeitar a condição de cada um. Naquele dia (véspera do clássico contra o São Paulo, que pediu para deixar a concentração) não tinha condições psicológicas. Tentei ser honesto e paguei caro. Mas vendo tudo que aconteceu, hoje tomaria uma decisão diferente porque amadureci com o que aconteceu.

MB: Hoje, se fosse titular e o Tite te tirasse de um jogo um dia antes de uma partida, como foi contra o São Paulo, aceitaria tranquilamente?

C: Seria totalmente diferente, porque estou mais preparado. Naquela vez, tinha me preparado para vencer um clássico difícil, em um momento complicado do time no campeonato. Fiquei muito chateado por ter saído. Fiquei muito nervoso e com a cabeça quente. Quando eu deixei a concentração falei que quem ganharia com a decisão seria o Corinthians, porque eu poderia atrapalhar o time se entrasse em campo. O que aprendi com isso é que a vida vai ensinando a gente. Poderia ser um jogador de dar um ‘migué’, inventar uma lesão e sair do jogo. Tentei ser justo. Fui homem e assumi tudo. Amadureci muito.

MB: Nas três partidas que ficou fora (Bahia, Vasco e Atlético-GO), além do jogo contra o São Paulo, apenas treinando, acredita que conseguiu recuperar a sua melhor forma?

C: O quanto eu treinei não sei se foi suficiente, mas sei que estou bem. Tenho que dar a resposta dentro de campo. Não posso falar, porque não adianta. Quero uma chance para mostrar a minha vontade. Com muito trabalho, vou retomar.

MB: Restando dez rodadas, acha que voltará a reassumir sua condição de titular da zaga?

C: Eu acho muito difícil pela situação. O Paulo (André) e o Castán estão jogando muito bem. Não quero entrar só porque um deles se machucou, quero entrar quando merecer. Quero estar lá, mas respeito a condição de todos. Farei de tudo para mostrar que posso voltar.

MB: Como avalia a nova zaga do time?

C: O Paulo e o Castán estão bem. Não gosto de avaliar a condição de cada um. A equipe vem crescendo como no começo do campeonato, mas não só por causa dos dois ou pela saída do Chicão, e sim pela força do grupo.

MB: Não está amargurado por perder a chance de levantar a taça do Brasileiro?

C: O que é importa é o Corinthians ficar com a taça.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Juninho é um dos destaques do Bahia

    Corinthians altera moeda de troca e faz contraproposta por lateral do Bahia

    ver detalhes
  • Gramado da Arena foi retirado e o estádio está sendo montado para o Monster Jam

    Gramado 'irreconhecível' da Arena Corinthians chama atenção em foto que circula nas redes sociais

    ver detalhes
  • Tréllez foi autor do gol da Vitória sobre o Corinthians na Arena no BR-17

    Corinthians nem nenhum outro clube fez proposta por Tréllez, alega novo presidente do Vitória

    ver detalhes
  • Estádio do Pacaembu receberá jogos do Corinthians em janeiro de 2018

    São Caetano altera estádio, e Corinthians atuará os quatro primeiros jogos no Pacaembu

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes