Corinthians em alerta contra os erros do apito

Corinthians em alerta contra os erros do apito

Por Meu Timão

451 visualizações 0 comentários Comunicar erro

O Corinthians não gostou da atuação do árbitro Pablo dos Santos Alves

O Corinthians não gostou da atuação do árbitro Pablo dos Santos Alves

Foto: Gil Leonardi

O Corinthians teme que erros de arbitragem atrapalhem a equipe na reta final do Brasileirão. No domingo, em Sete Lagoas (MG), Tite ficou tão revoltado com a marcação do pênalti de Edenílson em Elber que, após o erro de Montillo, foi expulso por Pablo dos Santos Alvez por dizer que ele só havia marcado a falta por se sentir pressionado pela torcida mineira.

?Não foi pênalti, não foi nada, ele está pressionado pela torcida, sei que serei expulso, mas quero deixar registrada minha indignação?, foram as palavras do técnico ao quarto árbitro, relatadas na súmula.

Antes do jogo, Paulo André havia dito que o clube precisava se mexer para não ser prejudicado.

? A parte política do clube deve ser aplicada. Se tem pressão do lado de lá, temos de fazer pressão no de cá ? disse, sobre as reclamações dos mineiros ainda sobre o pênalti de Ronaldo em 2010 (leia abaixo).

Por isso, a atitude explosiva do treinador no momento da marcação errada foi aprovada pela diretoria.

? Não queremos ser favorecidos, mas também não queremos ser atrapalhados. Que o árbitro apite igual para os dois lados. Não tem pressão nos bastidores, temos é que colocar a nossa insatisfação, como foi colocada por ele. Foi normal diante de um pênalti sem cabimento ? disse o diretor-adjunto Duílio Monteiro Alves.

? Esperamos que um campeonato tão duro e competitivo não seja decidido por erros. Não falo nem em árbitro mal-intencionado, mas que todos tenham mais atenção ? completou.

Tite, que não costuma reclamar da arbitragem, aponta erros de marcação nos últimos três jogos do Corinthians.

? Se dão um lance a nosso favor é um Deus nos acuda. Tenho que responder 20 perguntas de apito amigo, estou de saco cheio. Quando é ao contrário, tenho de falar ? explicou Tite.

PÊNALTI EM RONALDO AINDA CAUSA DISCUSSÃO

Antes do jogo contra o Cruzeiro, muito se falou sobre o confronto entre as equipes na reta final do Brasileirão do ano passado. Na ocasião, Sandro Meira Ricci marcou pênalti discutível de Gil em Ronaldo, em lance que definiu a vitória alvinegra nos minutos finais e deu força na briga pelo título ? que, posteriormente, seria do Fluminense.

? Estamos respondendo até hoje pela marcação daquele pênalti, sendo que foi correto, mas até hoje se fala dele. Com o Corinthians é sempre diferente. Se é a favor, é apito amigo. Se é contra, é lance normal ? reclamou o diretor-adjunto Duílio Monteiro.

Na semana passada, quando questionado sobre o lance no Fenômeno, Tite disse que a chiadeira mineira é injustificável.

? Para mim ele é muito elementar. Não tinha bola em disputa. Era um com ela dominada e outro querendo que ela não estivesse em disputa. Foi um peso injusto contra o Sandro Meira Ricci. Falo como técnico do Corinthians, mas não vou modificar essa visão depois. É uma leitura técnica, vejam se tem bola em disputa ? analisou o treinador, antes mesmo de ser prejudicado em Sete Lagoas.

Erros prós e contras o Corinthians

Cruzeiro
Em Sete Lagoas, Paulinho é derrubado por Léo na área e Pablo dos Santos nada marca. Depois, dá pênalti inexistente de Edenílson em Elber, que Montillo desperdiça. Erro não mexe no placar.

Botafogo
Gol legal de Marcelo Mattos é anulado pela arbitragem, que assinala impedimento em bola tocada para trás. Depois, Timão reclama de duas bolas na mão na área, de Marcelo Mattos e Fábio Ferreira. O Timão perde por 2 a 0.

Vasco
No empate por 2 a 2, o Timão reclama de uma bola que bate na mão de Fagner em cabeçada de Jorge Henrique. O jogo termina em 2 a 2.

Grêmio
No primeiro jogo do segundo turno, o Corinthians vence por 3 a 2 no Pacaembu com um pênalti duvidoso de Adilson em Emerson. O Timão também reclama da expulsão de Edenílson.

Atlético-MG
Em Minas, o Timão não concorda com o pênalti dado em Réver, em agarra-agarra na área com Jorge Henrique. Mesmo assim, vence por 3 a 2.

Cruzeiro
No primeiro turno, no Pacaembu, Ramon corta cruzamento de Vitor com a mão e o juiz não dá pênalti. A Raposa vence por 1 a 0.

Coritiba
Na segunda rodada, o Coritiba marca um gol impedido, mas perde a partida por 2 a 1.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Ralf pode retomar titularidade para decisão contra os cariocas

    De provável retorno a possíveis novidades: o panorama do Corinthians para a decisão de quarta-feira

    ver detalhes
  • Torcedores fizeram enormes filas no último sábado para garantir ingresso para o treino

    Ingressos do treino aberto do Corinthians são vendidos por até R$ 50; clube divulga nota oficial

    ver detalhes
  • Noite de decisão será de grande público na Arena Corinthians

    Corinthians divulga parcial de 38 mil ingressos vendidos para decisão contra o Flamengo

    ver detalhes
  • Nesta quarta-feira, Corinthians e Flamengo lutam por vaga na final da Copa do Brasil

    Copa do Brasil, treino aberto e decisão no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes