Danilo sobre 'entregadas': 'Sabemos como foi em 2010'

Danilo sobre 'entregadas': 'Sabemos como foi em 2010'

Por Meu Timão

742 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Danilo prefere não confiar nos arquirrivais

Danilo prefere não confiar nos arquirrivais

Foto: Tom Dib

São Paulo, Santos e Palmeiras podem definir o título de campeão brasileiro para o Corinthians. Por outro lado, o trio que ainda enfrenta o líder Vasco nestes últimos jogos do Brasileirão, pode também tirar de vez o caneco do Parque São Jorge.

- É difícil quando você depende e espera dos outros, é complicado. São sete jogos, temos de pensar jogo a jogo, procurar ganhar até o final e ver o que vai dar - disse Danilo.

Presente na campanha do Timão em 2010, quando a conquista escapou por pouco, o meia acredita que o Fluminense teve facilidades ao enfrentar São Paulo (vitória por 4 a 1) e Palmeiras (vitória por 2 a 1) nas rodadas finais da competição.

- Lógico (que os jogadores lembram). Sabemos o ano passado como foi nos jogos decisivos. Teve que aquele 'deixa' que nós não esperávamos. Sabemos que seria disputado, que o São Paulo não perderia fácil, que não era fácil ganhar...E foi daquele jeito  - disse, sobre a derrota ue o Tricolor sofreu em Barueri na 37ª rodada.

Ex-jogador do São Paulo, sendo comandado pelo próprio Emerson Leão, o camisa 20 acha que o Sampa não tem motivos para entregar o jogo neste fim de semana, em São Januário, por conta dos tropeços recentes.

- Sei como é lá, eles devem estar pressionados. São vários jogos que não ganham no Brasleiro, então eles vão com uma pressão e cobrança grande. São todos profissionais e precisam vencer também. Sabemos que o Vasco lá não é fácil, mas o São Paulo tem condições de ganhar - opinou.

Questionado se algum jogador que estava em Palmeiras ou São Paulo no ano passado já admitiu ao jogador que 'tirou o pé' contra o Flu, para favorecê-los o afastar o título do Alvinegro, o meia negou:

- Não, ninguém nunca admitiu. Mas nós que jogamos futebol sabemos que não teve vontade nenhuma para ganhar e para jogar um jogo como aquele. Mas isso ficou para trás, é outro campeonato, vamos fazer nosso jogo. Esperamos ganhar e não depender de ninguém - disse, antes de finalizar:

- No futebol, uma partida como essa pode marcar o resto da sua vida, né? É uma coisa negativa (entregar um jogo).

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Roger fez seu primeiro gol pelo Corinthians

    Corinthians cede empate ao Sport e perde chance de reassumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthiano Mantuan durante jogo contra o Sport, pelo Campeonato Brasileiro

    Fiel 'esquece' Roger e elege dois defensores como craques do Corinthians no empate contra Sport

    ver detalhes
  • Corinthians tropeçou no Sport neste domingo

    Corinthians perde uma posição e vê 'perigoso concorrente' assumir liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Fábio Carille conversou com a imprensa sobre possível saída do Corinthians

    Carille sobe tom, ataca imprensa, mas confirma sondagem: 'Se chegar proposta, vou pensar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes