Andrés pede desculpas por ter chamado Conselho de câncer

Andrés pede desculpas por ter chamado Conselho de câncer

Por Meu Timão

394 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Andrés Sanchez pediu desculpas aos conselheiros que se sentiram ofendidos

Andrés Sanchez pediu desculpas aos conselheiros que se sentiram ofendidos

Foto: Bruno Uliana

O presidente Andrés Sanchez pediu desculpas aos membros do Conselho Deliberativo do Corinthians por, em palestra recente, ter dito que ele era 'um câncer' para o clube.

- A imprensa estava lá no dia. Quem ouviu a palestra entendeu o que eu quis dizer. Se algum conselheiro se sentiu incomodado, eu peço desculpas. Não quis ofender ninguém que teve essse problema na família - disse.

- Usei o termo, mas não no sentido pejorativo. Tem conselhos no clube que só atrapalham, mas não é o caso do meu. Peço desculpas a quem se ofendeu - completou, em entrevista coletiva no CT.

O presidente recebeu uma enxurrada de críticas por conta do termo utilizado. Vários conselheiros, inclusive, assinaram nota de repúdio publicada em um jornal de São Paulo. O mandato de Andrés termina no início de 2012, mas ele já adiantou que irá se afastar do cargo em 15 de dezembro. O vice Roberto de Andrade assumirá a função.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Andrés Sanchez posou ao lado de Ronaldo, Kia Joorabchian e familiares de Marquinhos

    Presidente do Corinthians se encontra com Ronaldo, Kia e família de Marquinhos em Londres

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians tem opção para assistir ao jogo deste sábado ao vivo na televisão

    Confira como assistir ao jogo entre Corinthians e Vasco ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Destaque no Majestoso de sábado passado, Thiaguinho será titular diante do Vasco

    Com desfalques e dúvida na escalação, Corinthians recebe Vasco para 'jogo de seis pontos'

    ver detalhes
  • Roger não gosto de brincadeira feita por torcedor nas redes sociais

    Comparado com um cone, Roger se irrita e responde torcedor em rede social

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes