Conselheiro ataca imprensa e afirma: 'Somos melhores que o Corinthians'

Conselheiro ataca imprensa e afirma: 'Somos melhores que o Corinthians'

Por Meu Timão

Lanterna da competição, América-MG surpreendeu a todos na 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, batendo o líder Corinthians com mais de 70% do estádio tomado pela torcida adversária. Extasiado com o resultado, um dos membros do Conselho de Administração do clube, Francisco Santiago, respondeu aos comentários sobre a mudança de jogo para o Parque do Sabiá.

'Nós mudamos o jogo para o Parque do Sabiá, porque aqui é mais fácil ganhar. Um time melhor vai ganhar de um time pior em um campo grande, e o América é melhor que o Corinthians. Queira a imprensa paulista ou não', afirmou o dirigente, que compõe com outros seis nomes o órgão que regula o futebol do Coelho.

Segundo o mandatário, durante toda a semana, todos na equipe mineira tiveram de ouvir críticas e rumores sobre a vontade para o embate. Para ele, a raça demonstrada pelos atletas serviu para demonstrar a força americana.

'Eu fico até emocionado de comentar isso, porque nós conseguimos calar tudo o que falaram sobre a gente durante a semana. Comentaristas que diziam que o jogo já estava ganho para o Corinthians, o que não é a verdade. A prova está aí', completou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Gustavo Scarpa está negociando com o Corinthians para 2018

    Arquirrival perde força, e Corinthians volta ao páreo pela contratação de Scarpa

    ver detalhes
  • Flávio Adauto não é mais diretor de futebol do Corinthians

    Em nota oficial, Corinthians anuncia saída de Adauto e Piovesan

    ver detalhes
  • Andrade permanece à frente do Corinthians apenas até fevereiro de 2018

    Corinthians estima superávit em 2018; clube pretende arrecadar R$ 50 milhões em vendas

    ver detalhes
  • Alessandro falou sobre o planejamento do Corinthians para 2018

    Alessandro explica busca de reforços e comenta volta de dois emprestados: 'Díficil'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes