À espera de exame, Alex fica em tratamento e segue como dúvida

À espera de exame, Alex fica em tratamento e segue como dúvida

Por Meu Timão

Continua incerta a situação clínica do meia Alex, do Corinthians. O jogador, que deixou o campo na primeira etapa do jogo de domingo contra o América-MG alegando dores na coxa esquerda, iniciou tratamento já na segunda-feira e será submetido a reavaliação na tarde desta terça.

Segundo o médico Ricardo Galotti, o incômodo é o mesmo que tirou o meia de combate diante do Avaí. Em movimentos específicos, ele sente uma fisgada no músculo reto anterior da coxa.

'Ele está em tratamento agora pela manhã e, com o exame no período da tarde, a gente terá posição se ele teve lesão', disse o médico de plantão no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira.

Outro que segue entregue ao departamento médico e também passará por avaliação é Jorge Henrique. Em virtude de lesão muscular na coxa direita, o atacante deve ficar mais uma semana em recuperação, porém pode ter seu retorno antecipado de acordo com o exame de controle.

Para a partida de domingo contra o Atlético-PR, no Pacaembu, o técnico Tite tem apenas um desfalque confirmado: o lateral direito Alessandro recebeu o terceiro cartão e cumprirá pena automática. Por outro lado, os zagueiros Paulo André e Leandro Castán voltam de suspensão.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes
  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Jô tem permanência incerta no Corinthians para 2018

    Portal destrincha o porquê da cautela do Corinthians para contratar atacante para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes