Manchester City dá ultimato ao atacante Tevez que continua na Argentina

Manchester City dá ultimato ao atacante Tevez que continua na Argentina

Por Meu Timão

Tevez poderá ter de pagar para deixar o Manchester City

Tevez poderá ter de pagar para deixar o Manchester City

Foto: Nigel Roddis/Reuters

O atacante Carlos Tevez continua na Argentina, para onde viajou sem a permissão de seu clube, o Manchester City. Os dirigentes deram um ultimato ao jogador para que volte à Inglaterra até segunda-feira. O atacante será novamente multado por motivo de indisciplina, dessa vez avaliada em 600 mil libras esterlinas (R$ 1,6 milhão).

- Pedimos para que Tevez entrasse em contato conosco, mas não tivemos nenhuma resposta - disse uma fonte ligada à equipe inglesa.

Segundo o jornal 'Daily Mirror', o City pretende negociar o atleta. No entanto, como o preço da venda deverá ser inferior aos 40 milhões de libras esterlinas da multa rescisória, o clube inglês pretende cobrar do próprio Tevez o valor da diferença.

A situação deixa o técnico Roberto Mancini em uma situação complicada. O afastamento de Tevez, somado à lesão de Agüero, deixam o treinador com apenas dois atacantes (Dzeko e Balotelli) para os jogos contra o Newcastle, pelo Campeonato Inglês, e Napoli, pela Liga dos Campeões.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians/Audax atropelou Cerro Porteño em solo paraguaio

    Mulherada do Corinthians/Audax goleia donas da casa e se classifica para final da Libertadores

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians que se prepare: reta final do Brasileirão promete altas emoções

    Fim da rodada: Corinthians mantém vantagem, mas rivais alcançam Grêmio e embolam classificação

    ver detalhes
  • Corinthians foi hexacampeão brasileiro em 2015

    CBF define valores de premiação do Brasileirão-2017; Corinthians leva bolada se for campeão

    ver detalhes
  • Maltos brilhou diante do Grêmio, na Arena do adversário

    Goleiro defende quatro pênaltis, Corinthians bate Grêmio e avança na Copa do Brasil Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes