Estádio do Corinthians pode ganhar patrocínio do Oriente Médio

Estádio do Corinthians pode ganhar patrocínio do Oriente Médio

Por Meu Timão

Visão interna do estádio do Corinthians

Visão interna do estádio do Corinthians

O dinheiro para bancar parte da construção do Fielzão, obra orçada em R$ 820 milhões, pode vir do Oriente Médio. A Qatar Foundation, instituição privada do Catar, e a Etihad Airways, empresa aérea dos Emirados Árabes Unidos, têm interesse em comprar os direitos pelo nome (naming rights) da arena do Corinthians, palco da abertura da Copa 2014.

A Qatar Foundation patrocina o Barcelona e passou a investir no futebol após a escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022. A Etihad Airways patrocina o Manchester City, novo rico do futebol inglês, time dos argentinos Sergio Agüero e Carlitos Tevez, e dá o nome do estádio do clube inglês - para isso pagou 111 milhões de euros (R$ 270 milhões) por um prazo de dez anos.

A diretoria do Corinthians não admite publicamente que negocia com essas duas empresas. O diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg afirma que o clube "analisa" ofertas e que já conversou com empresas interessadas. O dirigente, porém, está de viagem marcada para o Oriente Médio em janeiro para ouvir propostas concretas. Ele vai negociar valores e falar de prazos. Se vende o nome do estádio por dez, 20 ou mais anos.

Fonte: IG

Veja Mais:

  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes
  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Jô tem permanência incerta no Corinthians para 2018

    Portal destrincha o porquê da cautela do Corinthians para contratar atacante para 2018

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes