Sanchez coloca Kleber mais perto do Grêmio: 'Jogador quer grana'

Sanchez coloca Kleber mais perto do Grêmio: 'Jogador quer grana'

Por Meu Timão

Com proposta menor, presidente do Corinthians vê Kleber mais longe do Parque São Jorge

Com proposta menor, presidente do Corinthians vê Kleber mais longe do Parque São Jorge

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

O presidente Andrés Sanchez não conta com a paixão que Kleber tinha pelo Corinthians na infância para contratar o ainda atacante do Palmeiras. Segundo o mandatário, a proposta feita pelo Grêmio é financeiramente melhor e suficiente para seduzir o jogador.

Grêmio adia decisão sobre Kleber

'O Grêmio ofereceu um dos melhores contratos do Brasil. O dinheiro vale muito nessas horas, infelizmente. A vontade é colocar dinheiro no bolso. Jogador quer grana', resumiu Sanchez, descartando aumentar a sua oferta. 'É lógico que o Corinthians está de braços abertos ao Kleber, mas não entraremos nessas coisas.'

Do lado do Grêmio, o presidente Paulo Odone mantém a cautela na negociação com Kleber e o Palmeiras. O dirigente disse que o atacante pediu três dias para pensar sobre o seu futuro e pretende sacramentar a negociação na terça-feira.

Fonte: Gazeta Esportiva

Veja Mais:

  • Acompanhe a final da Libertadores da América feminina: Corinthians/Audax x Colo Colo

    AO VIVO: Acompanhe a final da Libertadores da América feminina: Corinthians/Audax x Colo Colo

    ver detalhes
  • Após duelo neste sábado, o Timão está garantido nas quartas do Paulista

    Carlinhos marca, Corinthians empata com Portuguesa e avança às quartas do Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Carille deve repetir a escalação utilizada na partida contra o Grêmio

    Titulares treinam e Carille esboça escalação do Corinthians contra o Botafogo

    ver detalhes
  • Pedrinho ainda trabalha para recuperar forma física ideal

    Irmã de Pedrinho revela anemia de jogador em conversa nas redes sociais; Corinthians explica

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes