Por defesa, Tite matém Adriano no banco por 90 minutos pela primeira vez

Por defesa, Tite matém Adriano no banco por 90 minutos pela primeira vez

Por Meu Timão

Adriano era visto como um dos possíveis jogadores que poderiam decidir o jogo para o Corinthians contra o Ceará na noite de quarta-feira, mas acabou ficou os 90 minutos no banco pela primeira vez. Em todas as outras partidas em que não atuou, o atacante não havia sido relacionado.

Tite até cogitou colocar Adriano em campo. No momento em que conversava com o atacamte, porém, o peruano Cachito Ramírez fez o gol da vitória e mudou a alteração do treinado corintiano, que resolveu colocar Wallace no lugar de William para fechar a defesa e garantir o placar.

Sem citar Adriano especificamente, o capitão Alessandro lembrou que os atletas devem entender o momento do time, que lidera a competição a três jogos do fim. 'Todos têm que saber a hora certa de ser aproveitado, de entrar no jogo, seja pouco ou muito tempo', destacou o lateral direito, que juntamente com o zagueiro Paulo André deu entrevista no lugar de Tite ao final do confronto.

Para o preparador físico Fábio Mahseredjian, Adriano deve ser relacionado até o fim, até por faltarem poucos jogos na competição. O próximo compromisso do Corinthians será no domingo, diante do Figueirense, no Pacaembu. Depois, enfrenta Figueirense (fora) e Palmeiras (casa).

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Guilherme Siqueira foi contratado pelo Atlético de Madrid em 2014

    Ex-Atlético de Madrid, lateral ítalo-brasileiro é sondado pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • O diário da invasão -  Cinco anos de um feito histórico

    [Rafael Castilho] O diário da invasão - Cinco anos de um feito histórico

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes