Fisioterapeuta admite recuperação lenta, mas diz que Adriano pode melhorar até o fim do ano

Fisioterapeuta admite recuperação lenta, mas diz que Adriano pode melhorar até o fim do ano

Por Meu Timão

Depois de ver Adriano transforma-se no herói da vitória desse domingo, contra o Atlético-MG, o torcedor corintiano imagina o que o atacante poderia ter feito se tivesse em melhores condições mais cedo e o que ele poderá fazer nas duas rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

O fisioterapeuta do Corinthians, Bruno Mazziotti, admitiu em entrevista à Rádio Estadão ESPN que a recuperação do jogador, livre de lesão no tendão de Aquiles desde o início de outubro, demorou mais que o esperado, também como forma de preservá-lo de lesões, porém, prevê que o ‘Imperador’ possa estar ainda melhor nos próximos dias.

Todo processo de recuperação de um jogador é individual e alguns aspectos têm que ser respeitados. Clinicamente ele se recuperou dentro do prazo da lesão, porém, a recuperação física foi um pouco mais demorada que o normal. Imaginamos que ele estaria perto do ápice em 7 meses - se machucou em abril -, mas não podemos trazer aqui qualquer tipo de proposta de trabalho que possa levar a lesão muscular ou dor.

Nem por isso deixamos de trabalhar todos os dias para que ele pudesse participar dos jogos sem que sentisse lesão muscular. A gente não consegue ainda ver o Adriano perto dos 100%, mas a evolução do físico do Adriano é notória a cada dia, até porque, a carga de exercícios já é próxima à de pré-temporada, já pensando no ano que vem, concluiu Mazzotti.

O gol da vitória e da liderança do Corinthians marcado por Adriano contra o Atlético-MG é mais um passo importante para a volta do ‘Imperador’, diz o fisioterapeuta. É um marco que estabelece relação de confiança. A gente sabe que tem muita coisa para ser feita e o gol é só um passo nessa transição. É um momento de felicidade para as pessoas que trabalham com o atleta e para o atleta.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Artilheiro do Brasileirão, Jô pode levar novo gancho do STJD

    Jô e Clayson, do Corinthians, voltam a ser julgados no STJD

    ver detalhes
  • Antonio Roque Citadini é candidato da oposição à presidência do Timão

    Em defesa à Arena, Citadini lembra crime fiscal de Andrés: 'Arrebentou com as finanças'

    ver detalhes
  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes