Família, TV sem futebol, pintura e até ópera: corintianos tentam esquecer ansiedade presente no vestiário

Família, TV sem futebol, pintura e até ópera: corintianos tentam esquecer ansiedade presente no vestiário

Por Meu Timão

300 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Restam poucos dias para o jogo que pode dar o título brasileiro ao Corinthians e a ansiedade é inevitável no Centro de Treinamento Joaquim Grava. Os jogadores admitem que o assunto principal no vestiário é o campeonato que está perto do fim. Na academia, cobranças por seriedade e foco na reta final. E os atletas passam a buscar, mais do que nunca, formas de conter a expectativa às vésperas da partida contra o Figueirense, no domingo.

'Não vejo futebol na televisão, não procuro esporte na internet. Na segunda-feira fui ao teatro assistir uma ópera. Quanto menos pensar em futebol, mais fácil vai ser de controlar a ansiedade. Pior que eu fui pintar um quadro e saiu um gramado em preto e branco com a torcida', disse Paulo André, titular do técnico Tite, que concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira.

O zagueiro considera que a falta de concentração pode tirar o título do Corinthians. 'Soberba, achar que o negócio está ganho. A gente só perde para nós mesmo', acrescentou. Na mesma linha, o volante Paulinho também falou sobre como lidar com a cabeça num momento de tamanha importância para a carreira dos jogadores e para a história do clube.

'Eu fico pensando em ser campeão depois do que passamos com vice-campeonato Paulista e pressões que aqui são normais. Mas temos de controlar a ansiedade um pouco para não acabar atrapalhando', avaliou o camisa 8, que se nega a assistir o jogo do rival Vasco pela Sul-Americana nesta quarta-feira. 'Não vou torcer para ninguém, não vou nem assistir'.

O jogador convocado pela seleção brasileira tem ainda que lidar com as especulações de uma transferência para o futebol europeu. Neste caso, se apega à família. 'É difícil você administrar tantas coisas se você não tem pessoas do teu lado. No meu caso tem ainda minha esposa, que dá uma opinião, me ajuda'.

Em campo, o Corinthians pode garantir a taça se vencer o jogo em Florianópolis e o Vasco não bater o Fluminense no clássico carioca. Caso contrário, a decisão acontece no Pacaembu, diante do Palmeiras, no último jogo da temporada marcado para o dia 4 de dezembro.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Felipe Ezabella durante a eleição no Parque São Jorge

    Preferência da opinião pública e manutenção do DNA da chapa: Ezabella comemora primeira eleição

    ver detalhes
  • Mauro da Silva (auxiliar), Duílio Monteiro Alves (diretor-adjunto de futebol) e Alessandro (gerente) durante um dos treinos no CT

    Diretoria assume dificuldade por um 9: 'Futebol na América do Sul pagando salários de Europa'

    ver detalhes
  • Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    VÍDEO: Veja gols e lances de Matheus Matias, novo reforço do Corinthians

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves, diretor-adjunto de futebol do Corinthians

    Diretor do Corinthians sobre renovação de Balbuena: 'Não podemos dar um passo maior do que a perna'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes