Danilo manda recado à torcida corintiana: 'Vaias não me afetam'

Danilo manda recado à torcida corintiana: 'Vaias não me afetam'

Por Meu Timão

O meia Danilo tem participação decisiva na campanha do Corinthians no Campeonato Brasileiro. Deu 11 passes para gol e jogou 35 das 36 partidas da campanha. Apesar do bom número, as duas atuações apagadas contra Ceará e Atlético-MG o fazem correr risco de perder lugar no time. Mesmo assim, o meia dá de ombros para as vaias que ouviu domingo no Pacaembu e não se abala caso fique de fora nas partidas contra Figueirense e Palmeiras, as últimas do Brasileirão.

O meia atendeu a reportagem do iG após os treinos da tarde de quinta-feira no CT do Parque Ecológico e mostrou a serenidade que é peculiar a este mineiro de 32 anos na busca pelo seu segundo título brasileiro. No primeiro, com o São Paulo em 2006, ele também teve papel importante sempre com seu estilo cadenciado, que para muitos torcedores é sinônimo de lentidão e por isso origina as vaias.

'(Meu estilo) pode irritar a torcida, mas vaias não me afetam. O mais importante é eu ter a consciência tranquila que estou fazendo o melhor do meu trabalho para ajudar o time', disse Danilo ao iG. 'Se vou bem em 10 jogos ninguém fala nada. Mas se jogo mal um ou dois já caem em cima. Faz parte, mas eu não me importo. Tenho que jogar para o time. O Tite demonstra confiança em mim e é isso que importa', disse.

Danilo acredita que seu biotipo o favorece para distanciar-se das lesões e por isso tem sido tão assíduo na campanha do Corinthians, tendo ficado de fora de apenas uma partida quando estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. 'Eu machuco pouco e isso ajuda. Eu sempre fui muito utilizado em todos os times que joguei. Acho que é por isso mesmo, por não me machucar tanto'. A lesão mais grave da sua carreira foi uma torção no tornozelo, quando atuou no Kashima Antlers, do Japão, entre 2007 e 2009.

O meia completou 100 jogos pelo Corinthians no último domingo e com contrato renovado até o final de 2012 espera usar enfim sua experiência na Libertadores, torneio que disputou três vezes e venceu uma, em 2005, com o São Paulo. O fato de o Corinthians já estar classificado para a fase de grupos o anima. 'É melhor. Aí a preparação é melhor e não acontece como foi nesse ano (com eliminação para o Tolima na fase preliminar da competição)', lembrou

Com títulos nacionais e internacionais no currículo, Danilo é um dos jogadores do elenco que tenta tranquilizar os mais jovens ou aqueles que nunca viveram a tensão de estar preste a ser campeão para não se afobarem na reta final. 'Não adianta ficar nervoso, mas tem que estar concentrado. Essa é uma chance rara, talvez única, então é isso que falo para todos. Tem que ver esse jogo como o último da carreira. É difícil ganhar lá (em Florianópolis), mas se a gente jogar como vem jogando temos chances', avaliou.

Sem saber se vai jogar ou não, Danilo conta com o apoio de Alex, seu principal concorrente à uma vaga no time. Para o camisa 12 corintiano, é injusto que Danilo, meia com mais assistências do Brasileirão, tenha ficado fora da lista de craques do campeonato. 'Tem uma incoerência se o melhor assistente entre os meias não está indicado. Ele jogou muita bola, é baita profissonal, agrada a todos, é respeitador e passou por muita coisa na vida, questionamentos aqui dentro. Ele faz muita parte dessa campanha e deveria estar nessa seleção', disse Alex, na quinta-feira.

As informações são do IG
 

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Juninho é um dos destaques do Bahia

    Corinthians altera moeda de troca e faz contraproposta por lateral do Bahia

    ver detalhes
  • Tréllez foi autor do gol da Vitória sobre o Corinthians na Arena no BR-17

    Corinthians nem nenhum outro clube fez proposta por Tréllez, alega novo presidente do Vitória

    ver detalhes
  • Estádio do Pacaembu receberá jogos do Corinthians em janeiro de 2018

    São Caetano altera estádio, e Corinthians atuará os quatro primeiros jogos no Pacaembu

    ver detalhes
  • Semana passada, chapa de Andrés Sanchez havia prometido duas mulheres na diretoria

    Conselheira é vetada da chapa de Andrés Sanchez no Corinthians e alega machismo: 'Fiquei sem chão'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes