Felipão nega prazer em tirar título corintiano: 'não vamos decidir nada'

Felipão nega prazer em tirar título corintiano: 'não vamos decidir nada'

Por Meu Timão

O Palmeiras derrotou o São Paulo neste domingo por 1 a 0, no Pacaembu, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, garantiu vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem e ainda prejudicou o rival na briga pela Libertadores de 2012. Mesmo assim, o principal assunto após o apito final era apenas um: o clássico com o Corinthians, no próximo domingo. Caso vença, o time alviverde pode tirar o título do arquirrival. Apesar disso, o técnico Luiz Felipe Scolari negou que tenha 'prazer' em estragar a festa alvinegra.

'Nós não temos prazer de deixar em ser campeão ou não. Temos prazer de jogar e ganhar. Temos que jogar e ganhar. Não vejo nos preocuparmos com os outros se nossa casa ainda não está limpa', afirmou o treinador, que se esquivava de polêmicas a respeito do confronto da próxima semana, que acontecerá também no Pacaembu, às 17h (de Brasília).

'Nós não vamos decidir título nenhum. Vamos jogar para nós, porque não tivemos qualidade de chegar lá na frente. Nos últimos quatro jogos, a equipe sempre esteve bem colocada em campo, bem distribuída', desconversou o comandante.

Com 70 pontos, o Corinthians está a apenas um empate de garantir o título do Campeonato Brasileiro deste ano. O Vasco, vice-líder com 68, precisaria vencer seu duelo contra o Flamengo e ainda torcer por um revés corintiano contra os palmeirenses, caso queira arrancar o troféu das mãos da equipe do Parque São Jorge.

'Vamos jogar mais um jogo de final de campeonato em que nós temos a responsabilidade de jogar pela vitória como se fosse qualquer outra equipe. É o Corinthians, independente de alguns resultados, pode ser campeão até perdendo, empatando, ele leva a grande vantagem. E vamos jogar como hoje, com a decisão de ganhar mais três pontos. Nossa intenção não é pensar, temos que pensar no nosso, na nossa situação', continuou Felipão.

Com o triunfo diante do São Paulo, o Palmeiras chegou a 49 pontos, na 11ª colocação, e assegurou vaga para disputar a Copa Sul-Americana do próximo ano. O rival tricolor, por sua vez, estacionou nos 57, em sétimo, e depende de uma combinação de resultados na última rodada para avançar à Copa Libertadores.

Com o ano 'perdido', os palmeirenses pretendiam apenas estragar a festa de seus principais rivais na reta final do Brasileiro - por esse motivo, a diretoria prometeu bicho dobrado em caso de triunfos nos clássicos. O primeiro passo já foi dado neste domingo, contra o time tricolor. Resta o arquirrival Corinthians, que depende apenas de suas próprias forças para ser campeão brasileiro pela quinta vez em sua história.

Fonte: Terra

Veja Mais:

  • Sob comando de Coelho, Timãozinho cai nas oitavas da Copinha

    Falhas individuais custam caro, e Corinthians é eliminado da Copinha

    ver detalhes
  • Superado pelo Avaí, o Timãozinho deu adeus à Copinha de 2018

    Em partida sem craques, Fiel não perdoa Corinthians por eliminação na Copa São Paulo de 2018

    ver detalhes
  • Bilu esconde choro após derrota do Timão para o Avaí

    Corinthianos deixam campo às lágrimas após queda na Copinha; Coelho: 'Perdemos para nós mesmos'

    ver detalhes
  • Alessandro é homem forte do futebol corinthiano neste início de 2018

    Alessandro abre o jogo sobre Henrique Dourado e busca do Corinthians por camisa 9

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes