Agora, só domingo

Agora, só domingo

Por Meu Timão

O Corinthians já estava comemorando o título do Campeonato Brasileiro, em Florianópolis, quando Bernardo, numa rebatida do goleiro do Fluminense, marcou o gol da vitória do Vasco, no Rio. Com isso, a decisão do título ficou mesmo para a última rodada. E será uma rodada de pegar fogo, pois colocará frente a frente adversários históricos: Corinthians x Palmeiras, em São Paulo, e Vasco x Flamengo, no Rio. Com 70 pontos, o Corinthians, com 21 vitórias (critério de desempate) leva ligeira vantagem sobre o Vasco, com 68 pontos e 19 vitórias ao longo da competição.

Do ponto de vista físico, o Vasco leva ligeira desvantagem pois terá que viajar (a essa altura já viajou) para Santiago, com todos os seus titulares, para decidir uma das semifinais da Copa Sul-Americana, diante do Universidade do Chile. E mais: para domingo, o time de São Januário não poderá contar com Juninho Pernambucano, Diego Souza e Allan, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Mas não pense o Corinthians que sua tarefa será mais fácil. Mesmo em 11º lugar, com apenas 49 pontos, o Palmeiras deverá ser um adversário duro de roer – em razão da velha rivalidade.

O mesmo acontecerá com o Vasco, no Engenhão. O Flamengo, apesar de afastado da luta pelo título, fará de tudo para estragar a possível festa cruzmaltina. Na época do Maracanã inteiro (não o de hoje, com capacidade que será reduzida), Vasco e Flamengo faziam o chamado ‘Classico dos Milhões’, atraindo milhares de espectadores. Trata-se de uma rivalidade mais do que centenária, pois vem desde a época em que o remo era o esporte mais popular do Rio, no Século XIX. Hoje já não é tanto como antes.

Antes de finalizar a coluna de hoje, não posso deixar de parabenizar as campanhas de Coritiba e Figueirense, principalmente no segundo turno. De lamentável – ou ridículo – foi o Botafogo, com 14 derrotas, duas delas para clubes que foram rebaixados para a segunda divisão. O Fluminense deu esperanças à sua torcida, mas não contava com um adversário tão difícil como o Vasco. Mas pelo menos conseguiu que Fred igualasse o recorde de gols no Brasileiro, ao lado de Washington, com 21 gols. Fred esteve realmente inspirado nas últimas rodadas deste Brasileiro de 2011.

Fonte: ESPN

Veja Mais:

  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes
  • Pablo segue com a situação indefinida para 2018

    Bordeaux endurece com agente de Pablo e avisa: para outro clube o valor é dobrado

    ver detalhes
  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Corinthians/Audax atropelou Cerro Porteño em solo paraguaio

    Mulherada do Corinthians/Audax goleia donas da casa e se classifica para final da Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes