Empresário diz que situação de Montillo se resolve em uma semana

Empresário diz que situação de Montillo se resolve em uma semana

A novela Montillo continua sem seu capítulo final. Enquanto o jogador curte suas férias na Argentina, seus procuradores tentam convencer o Cruzeiro a liberá-lo por um valor abaixo dos 15 milhões de euros (R$ 36,5 mi), exigidos pelo clube mineiro. Para concretizar esta negociação, o empresário Nestor Herrera acredita que será preciso mais uma semana.

“O valor de 15 milhões é colocado pelo Cruzeiro, que é o detentor do jogador, mas este valor pode diminuir nas conversas. Se não surgirem propostas no valor desejado, perceberemos como o mercado está. E se a oferta for boa para o jogador, aí se define. Acredito que isso leva mais uma semana”, destacou Herrera ao MARCA BRASIL.

Apesar de admitir que a proposta corintiana é atraente, o empresário prefere manter a cautela para falar de um acerto, antes de entrar em acordo com o Cruzeiro. “Ele sempre respeitou o Cruzeiro e não existe esta história de vontade de sair do clube. Existem conversas com outros clubes que apresentaram propostas, que serão analisadas”, ressaltou.

Ao mesmo tempo que os agentes acreditam em uma queda no valor com as negociações, a diretoria celeste continua negando. “Se pagar 15 milhões, resolvo em um dia. Se ficar com valor abaixo, não vai resolver em uma vida. Essa história de desconto é coisa de procurador”, disse Dimas Fonseca, diretor de futebol da Raposa.

Fonte: marca brasil

Enviado por: vai corinthians

Veja Mais:

  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes
  • Yago volta ao Corinthians na primeira semana de janeiro

    Após empréstimo, zagueiro é reintegrado ao Corinthians; Del'Amore no radar

    ver detalhes
  • Scarpa tem reunião marcada com empresários neste sábado

    Alvo do Corinthians, Scarpa agenda reunião com representantes para decidir futuro

    ver detalhes
  • Promoção da empresa Apito Promocional na camisa durante o Brasileirão 2012

    Corinthians mantém cobrança milionária contra ex-patrocinador; calote chega a cinco anos

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes