Alvo argentino: lucro com a Libertadores paga oferta por Montillo

Alvo argentino: lucro com a Libertadores paga oferta por Montillo

O orçamento corintiano previsto para 2012 projeta um lucro de, no mínimo, R$ 30 milhões com a disputa da Libertadores, entre receitas de bilheterias, premiações, vendas de camisas e ‘royalties’em cima de produtos licenciados. Suporte necessário para a diretoria de futebol aumentar a oferta de 8 milhões de euros (R$ 19,5 milhões) e contar o meia argentino Montillo no torneio sul-americano. Para tanto, uma nova proposta é preparada pelo clube, depois de reuniões que deram o aval para extrapolar o orçamento previsto para contratações.

'Com uma boa participação do Corinthians (na Libertadores), projeta-se uma receita de R$ 30 milhões líquidos para os cofres. Mas esse lucro vai um pouco além da Libertadores, porque tudo depende de como as coisas se encaminharão. Se faz uma boa partida, vende-se muita camisa e assim por diante. E um investimento, como no Montillo, pode te render muito retorno de vendas de camisas', destacou o diretor de finanças do Corinthians, Raul Corrêa da Silva.

Atualmente, o orçamento que o departamento de futebol tem em mãos estipula R$ 22 milhões para serem investidos em contratações. Valor abaixo do que o Cruzeiro pede para liberar o jogador. Publicamente, a Raposa exige 15 milhões de euros (R$ 36 milhões), entretanto, nos bastidores, cartolas mineiros admitem vender o argentino por 10 milhões (R$ 24 milhões).

Para casos que exigem extrapolar o orçamento previsto é preciso uma permissão, já recebida pelo departamento de futebol na negociação por Montillo. Exceção que acontece, segundo Raul Corrêa da Silva, quando os departamentos estudam quanto o clube pode lucrar na temporada e quanto o jogador pode render aos cofres com seu poder de mídia.

Fato desdenhado pelo presidente do Cruzeiro. 'Eu estou achando que os clubes brasileiros que arrotam muita grandeza estão sem a grana necessária para pagar o que o Cruzeiro está exigindo', disparou Gilvan de Pinho Tavares, em entrevista ao site ‘Super Esportes’.

Apesar do sinal verde para aumentar o valor da oferta, o assunto é tratado como tabu pelo Corinthians, pois quer insistir com o valor da primeiro oferta por saber que Montillo quer deixar o Cruzeiro.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • No primeiro turno, jogada de Pedrinho e gol de Jô decidiram vitória do Timão sobre o Botafogo

    Corinthians encara Botafogo no Rio de Janeiro para recuperar vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Time Sub-17 do Timão tem duas decisões na semana

    Do campo às quadras: a semana de compromissos do Corinthians em todas as modalidades

    ver detalhes
  • Resultados do domingo pressionam Corinthians para duelo desta segunda-feira

    Rivais vencem na rodada e diminuem vantagem do Corinthians na liderança; veja classificação

    ver detalhes
  • O Timão não conseguiu passar pelo Sorocaba na tarde deste domingo

    Gol ilegal e confusão da torcida: Corinthians/UNIP fica com o vice da Liga Paulista de Futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes