Diretoria do Corinthians tenta emprestar atletas para reduzir elenco

Diretoria do Corinthians tenta emprestar atletas para reduzir elenco

Jorge Henrique pode ser emprestado em 2012

Jorge Henrique pode ser emprestado em 2012

Na contramão da busca por reforços para 2012, o Timão procura alternativas para aliviar a folha salarial e corre contra o tempo para tentar emprestar jogadores com pouco espaço no elenco. Casos dos atacantes Elias Oliveira e Taubaté, do meia Morais, do goleiro Renan, dos volantes Bruno Octávio e Moradei e do lateral-esquerdo Denner. O bonde começou a ser puxado por Marcelo Oliveira, que foi para o Cruzeiro, e Lulinha e Souza, que seguem no Bahia na próxima temporada.

'Tem atletas que eu conversei que seria melhor eles serem emprestados. É bom para eles. Estamos vendo isso e correndo para conseguir que eles comecem 2012 já nas outras equipes, se for bom para eles também', admitiu o gerente de futebol, Edu Gaspar.

No entendimento dos cartolas, o empréstimo traz benefícios ao Corinthians por deixar os atletas em atividade para, eventualmente, conseguir uma venda que renda dinheiro aos cofres. E ainda: uma possível economia na folha salarial, em caso de empréstimos cujo clube contratante paga boa parte, ou até mesmo integralmente, o vencimento do jogador.

'O que não falta é clube interessado. Eles ligam mais que vocês (jornalistas) para a gente (risos). Agora, precisamos estudar com calma e ver o que é bom para o jogador e para a gente', prosseguiu Gaspar, que analisa a oferta do clube interessado levando em conta quem paga maior parte do salário e a visibilidade do jogador.

Em contrapartida aos jovens que o clube deseja emprestar, três nomes permanecem em 2012 por a diretoria acreditar em suas qualidades. O meia Mateus, o volante Nenê Bonilha e o zagueiro Marquinhos. Outro visto como uma grande aposta para o próximo ano é Bill, que retorna do Coritiba.

Empréstimo de Jorge Henrique é avaliado

Com a contratação do atacante Gilsinho, a diretoria corintiana não descarta um empréstimo de Jorge Henrique, se alguma proposta boa seja ofertada pelo camisa 23.

Com sua perda de espaço no time titular na reta final do Brasileirão, o atacante, que tem um alto salário, pode ser negociado por empréstimo caso algum clube arque com a totalidade ou grande parte dos vencimentos do atleta.

O nome do jogador já foi especulado em várias negociações como moeda de troca, inclusive na tentativa de contratar Montillo, do Cruzeiro.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Pablo foi campeão paulista e brasileiro pelo Corinthians em 2017

    Corinthians volta a negociar com Pablo e pode contratá-lo para 2018, diz portal

    ver detalhes
  • Vasconcelos deve ter contrato estendido com o Timão até o fim de 2019

    Corinthians prepara extensão de contrato a artilheiro da Copinha

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade botou panos quentes nas especulações envolvendo Scarpa e Henrique

    Presidente do Corinthians esfria possibilidade de contratar dupla do Fluminense para 2018

    ver detalhes
  • Kazim não deve permanecer no Corinthians em 2018

    Corinthians quer definir destino de Kazim nos próximos dias; chegada de Dutra deve atrapalhar turco

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes