Timão só aceita negociar Adriano com o exterior

Timão só aceita negociar Adriano com o exterior

O Corinthians não aceita negociar Adriano com outros clubes brasileiros. Depois de investir quase R$ 3 milhões no atacante, que recebe salário de R$ 300 mil por mês, a diretoria alvinegra não quer correr o risco de vê-lo fazendo gols com a camisa de um de seus adversários.

Mas, se surgir uma equipe do exterior interessada em levar o Imperador, o clube não vai colocar qualquer empecilho.

Ele já recebeu duas sondagens, uma do Catar e outra da China. Recusou ambas. Caso quisesse se transferir, seria liberado.

A comissão técnica tem sérias preocupações sobre a condição física na qual o jogador vai se reapresentar, no início de 2012.

O início da pré-temporada está marcado para 4 de janeiro e a esperança é de que Adriano consiga, no início do Campeonato Paulista, estar em condições de atuar durante, pelo menos, 45 minutos. É bem mais do que ele vinha conseguindo nas rodadas finais do Brasileirão.

Adriano passa férias no Rio de Janeiro e tem um programa de treinos a seguir

Teoricamente, ele também precisa se adequar a uma dieta para não ganhar peso

Fonte: redebomdia

Enviado por: vai corinthians

Veja Mais:

  • Paulo Roberto e Danilo treinaram com bola nesta terça e estão à disposição para pegar Grêmio

    Volta de Paulo Roberto, susto de Pedrinho e possível escalação: o treino do Corinthians

    ver detalhes
  • Gabriel está de volta ao Corinthians após cumprir suspensão

    Trio volta, e Corinthians relaciona 24 jogadores para enfrentar Grêmio; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians venceu o Paulistão no começo do ano

    Corinthians conhece adversários de grupo do Campeonato Paulista de 2018; veja as chaves

    ver detalhes
  • Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio, resolveu pressionar a arbitragem

    Presidente do Grêmio pressiona arbitragem antes do duelo com o Corinthians: 'careca vagabundo'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes