Adriano é ouvido pela polícia e diz que não disparou a arma

Adriano é ouvido pela polícia e diz que não disparou a arma

Rio - O delegado titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), Fernando Reis, disse, neste sábado, que todas as seis pessoas que estavam no carro do jogador Adriano, onde Adriene Cyrilo Pinto foi ferida com um tiro na mão, durante a madrugada, já foram ouvidas pela polícia. O Imperador foi ouvido no hospital Barra D'Or pelo delegado de plantão, Carlos César Santos, e afirmou que estava na frente do carro e que não disparou a arma.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Jô passou em branco nesta noite de quarta, diante do Grêmio

    Corinthians não cria, apenas empata com Grêmio na Arena, mas mantém vantagem na liderança

    ver detalhes
  • Corinthians de Romero corre risco de ver Santos se aproximar

    Corinthians mantém diferença, mas tem de secar rival nesta quinta; veja classificação atualizada

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi eleito o pior em campo

    Carille e dupla de meias são eleitos vilões de tropeço do Corinthians contra Grêmio

    ver detalhes
  • Kazim discutiu com torcedor do Corinthians durante aquecimento

    Kazim discute com torcedor na Arena Corinthians durante duelo contra Grêmio

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes