Confusão no Rio de Janeiro deixa Corinthians irritado com Adriano

Confusão no Rio de Janeiro deixa Corinthians irritado com Adriano

Confusão no Rio de Janeiro deixa Corinthians irritado com Adriano

Confusão no Rio de Janeiro deixa Corinthians irritado com Adriano

A confusão na qual Adriano (foto) se envolveu na madrugada do último sábado, quando um tiro disparado dentro de seu carro atingiu a jovem Adriene Cyrilo Pinto, de 20 anos, na saída de uma boate na zona oeste do Rio de Janeiro, contribuiu para deixar a situação do jogador ainda mais complicada no Corinthians. Dirigentes que se mostravam insatisfeitos com o rendimento do atacante nesta temporada usaram o episódio para alimentar o argumento de que seu custo-benefício é negativo.


'Não vou julgar se o Adriano foi vilão ou vítima nesse último acontecimento. A questão é que se trata de uma bomba-relógio. Mais cedo ou mais tarde você sabe que algo ruim vai acontecer', afirmou um dos cartolas mais próximos ao presidente licenciado e responsável pela contratação do polêmico atleta, Andrés Sanchez.

Na manhã do último sábado, ao ser informado do ocorrido no Rio de Janeiro, a primeira reação de Sanchez foi entrar em contato com Adriano para saber se o jogador estava bem. Em seguida, o dirigente colocou toda a estrutura jurídica do clube à disposição do atleta. Horas depois, no entanto, o cartola não escondeu o seu descontentamento com o comportamento de Adriano.

Andrés Sanchez é um dos mais insatisfeitos no Parque São Jorge com o rendimento do atacante. E como se não bastasse o desgosto causado pela performance técnica sofrível em 2011, prejudicada também por uma lesão no tornozelo, a confusão policial na qual o jogador se envolveu no último sábado prejudicou uma data importante para o presidente alvinegro. Além da véspera de Natal, o dia 24 representa também o aniversário de Sanchez.

O contrato de Adriano com o Corinthians termina na metade de 2012. Na reta final do Campeonato Brasileiro, sobretudo após o atacante ter marcado o seu único, mas importante gol que garantiu a vitória sobre o Atlético Mineiro, no Pacaembu, cogitou-se a possibilidade de ampliação do vínculo.

Porém, ao que tudo indica, se tiver a intenção de ficar no Corinthians por um tempo maior, Adriano terá de se dedicar muito no primeiro semestre, principalmente durante a disputa da Copa Libertadores, para conseguir convencer a diretoria de que o investimento vale a pena. Por enquanto, a sua presença é vista com muita desconfiança.

Fonte: Futebol Interior

Veja Mais:

  • Léo Santos deve ganhar vaga de titular contra Chapecoense

    Desfalques, prováveis titulares... Corinthians se reapresenta de olho na Chapecoense

    ver detalhes
  • Balbuena e Arana preocupam departamento médico do Corinthians

    Arana é vetado contra a Chapecoense; lateral e Balbuena passam por exames nesta terça

    ver detalhes
  • Pedrinho foi internado na noite deste domingo

    Pedrinho passa por cirurgia e fica fora do Corinthians por até dez dias

    ver detalhes
  • Elenco volta a treinar nesta segunda-feira de olho no jogo contra a Chapecoense

    Corinthians define programação para semana de jogo remarcado e duelo na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes