Mesmo com proposta milionária, Sheik diz que fica no Corinthians

Mesmo com proposta milionária, Sheik diz que fica no Corinthians

676 visualizações 0 comentários Comunicar erro

atacante Emerson Sheik afirmou, na manhã desta segunda-feira, que vai continuar no Corinthians, mesmo após receber uma milionária proposta do Al-Sadd, do Qatar - ele levaria 1,2 milhão de euros (R$ 2,8 milhões) durante dez meses de contrato. O jogador confirmou sua reapresentação ao Timão na próxima quarta-feira, no CT do clube.
- Foi muito alta (a proposta), né? Mas a minha ideia é ficar no Corinthians, já conversei com meu empresário (Reinaldo Pitta) e está tudo certo, vou continuar - afirmou o atacante, em entrevista à rádio Bandeirantes.
Emerson foi um dos principais jogadores do Corinthians na campanha do pentacampeonato brasileiro. Curtindo seus últimos dias de férias no Rio de Janeiro, o jogador falou sobre a manutenção do elenco campeão.
- Acho muito importante a manutenção do grupo e a contratações de novos jogadores. Teremos uma temporada com disputa de competição internacional e sabemos que isso é muito desgastante. A Libertadores é o grande sonho este ano.
O Corinthians estreia na competição sul-americana no dia 15 de fevereiro, às 21h30, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.
isso que é ser corithiano nem pelo dinherio sai

Mesmo com proposta milionária, Sheik diz que fica no Corinthians

Fonte: Globo esporte

Enviado por: guilherme

Veja Mais:

  • Cássio falhou no terceiro gol do São Paulo neste sábado

    Corinthians joga mal e perde clássico no Morumbi

    ver detalhes
  • Rodriguinho se emocionou ao se despedir do Corinthians

    Rodriguinho confirma saída e se emociona ao se despedir do Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi comprado por um clube do Egito

    Corinthians bate o pé por valor em negócio com Rodriguinho; dois motivos pesaram para liberação

    ver detalhes
  • Osmar Loss viu o Corinthians perder para o São Paulo nesta quarta-feira

    Loss reconhece que saídas dificultam trabalho no Corinthians, mas afirma: 'Tem que se adaptar'

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes